domingo, 31 de janeiro de 2010

Sexo não é pecado, pecado é não fazer sexo!



Por: Marcio Alves



Dizem que a fruta do pecado é a maçã, mas não acredito, pois a maçã é muito sem graça, algumas pessoas para comer a maçã, tiram primeiro a casca, por isso eu acredito ser o caqui, pois é o caqui comido com casca e tudo, até se lambuzar.

Dizem que o sexo é do demônio, mais que demônio mais inteligente e gentil, nos deu um dos maiores prazeres da vida. Deve ser por isso que o voto de castidade foi imposto aos religiosos. Sexo só se for para procriação e sem prazer viu! Senão vai para o inferno, dizem os religiosos.
Só uma pergunta: No inferno vai ter sexo? Pois se tiver eu quero ir para lá! Oh! Que inferno infernal mais gostoso deve ser este!

Dizem também que quem faz sexo antes do casamento, comete fornicação e os fornicadores não entraram no reino dos céus.
Se assim for, eu é que não quero ir, pois um lugar que para você poder entrar tem que primeiro se abster do prazer, deve ser sem graça e um desprazer.

Dizem ainda que Deus abomina o sexo antes do casamento, que está nos vigiando com o seu grande olho, e que ninguém escapa, porque para onde se vai, Deus está lá, pois é onipresente.

Se Deus for assim, deve-ser então um grande "estraga prazeres" mesmo, pois proibir aquilo que Ele mesmo colocou em nós, só pode ser por pura maldade.

Dizem que Deus só permitiu depois de estar casado, mas Ele se esqueceu que muitos só podem se casar, depois de muito tempo, e é no tempo da juventude que se tem os hormônios a flor da pele.
Jovens explodindo por dentro, cheio de desejos libidinosos, como um vulcão que esta prestes a entrar em erupção.
E o pior é que não pode nem se masturbar!

Dizem que Deus tem uma “estratégia” para aliviar esse sofrimento – pois o desejo sexual é tão intenso que chega a causar dor de tanta tensão e, é incontrolável, levando o jovem a pensar nisso a todo o momento – utilizando o sono, ele concede ao jovem fiel, que não se masturbou ou transou, sonhar com lindas e sensuais mulheres, fazendo amor com elas, ai eles acordam todo melado, sentido que foi real com o desejo mais aflorado, e o gostinho de quero mais.

Pergunto: Masturbar-se é pecado? Pois assim afirmam os beatos, porque ninguém se masturba pensando em placa de caminhão, mas na sua vizinha que é muito gostosa. Então quer dizer que se masturbar se valendo da imagem sensual e fantasiosa de uma mulher não pode, mas agora ter sonhos sexuais com essas mesmas imagens de mulheres sensuais pode, e foi Deus quem concedeu, mas proibiu a masturbação?

A não, assim não dá, não pode fazer sexo quando se é jovem, na melhor e mais intensa idade para sexo, só pode fazer depois que se casar, e ainda não poder se masturbar?!

Prefiro não ir para o céu, prefiro não ser religioso, prefiro não servir a Deus dentro desta concepção.
Alias! Que Deus mais sem graça este, o da religião cristã, tanto católica quando evangélica pintam!
Pois para você conhecer uma pessoa, basta saber o que ela pensa sobre Deus e religião, pois Deus é o retrato de cada pessoa.
Eu fico pensando que esse Deus dos cristãos, é um Deus "sadomasoquista", pois cria uma coisa para depois proibí – la.
É um Deus castrador de prazeres.

E os seus seguidores, são muito estranhos, pois vive uma vida de hipocrisia, diante dos outros falam mal, dizem que não pode, mas quando ninguém vê, o jovenzinho se masturba pensando na jovem sua irmã de igreja e companheira de conjunto de jovens.

São tão estranhos, que só prometem a Deus coisas horríveis como se Deus tivesse prazer no nosso desprazer.
Fazem votos de castidades, prometem não se masturbarem, tentando se abster da pornografia, mas no seu interior vivem com lascívia, com os mais fortes e profundos e proibidos desejos. Proibidos para ele, e para o deus da sua imaginação.

Pergunto-me: Por que não fazem promessas de fazerem muito sexo com quem se ama? Se dar prazer, isto deve honrar muito mais a Deus, pois estamos tendo prazer com aquilo que fomos feito para ser.

Pecado de verdade é não se respeitar, e desrespeitar o outro, fazendo sexo com um e outro, numa espécie de bestialização, sem sentimentos e valor pelo outro, vendo como um simples objeto sexual descartável.

Pecado é ferir o outro, usando-o como objeto sexual, sem se importar com os sentimentos do parceiro.
Pecado é se reprimir, mentir para si, odiar a si quando se é o que se é, e, o que não dá para não ser, deixando de ser, pois somos o que fomos feitos para ser, seres sexuais desejantes.

Mas sexo com quem se ama, independente de se estar casado, separado ou solteiro, é uma das grandes expressões da vida.

Sexo é vida, fazendo sexo estamos valorizando e desfrutando da vida que Deus nos deu.

Sexo não é pecado, pecado é não fazer sexo!


Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.

123 comentários:

  1. Caro Marcio


    A sua postagem evocou uma das minhas primeiras experiências nessa área tabu, nos meus 8 ou 10 anos de idade, da qual passo a fazer um sucinto relato:


    Os conselhos de minha mãe estavam bem vivos em minha memória: “Não se junte com os moleques de rua!”. “Não brinque com essa ‘catrevagem’!”

    Um belo dia, tive a oportunidade de ouvir um sujeito que fazia parte dos excluídos do nosso meio.

    Eu estava à cerca de uns cinco metros de distância do grupo dos supostos “moleques”. Um deles descrevia um sonho parecido com o meu. Eu entendia perfeitamente ele designar os termos para aquilo que eu teria sentido na noite do meu sonho.

    Cheguei-me mais um pouco, ávido por reconhecer ali um “igual”, um menino que como eu, padecia daquele mal noturno tão torturosamente humilhante, e escondendo-me atrás de uma palmeira, esbugalhando os olhos famintos e abrindo bem os ouvidos, pude escutar termos que para mim eram uma novidade, como: “tesão”, “esperma”, “gozo” ─ expressões essas que os meus pais com certeza reprovariam, mas lá no fundo eu sabia que eles não conseguiriam explicar de uma outra maneira.

    O doloroso dilema entre abdicar do maior prazer carnal ou satisfazê-lo, me dilacerava, ante a ameaça de punição. Cambaleava assim entre estes dois elementos importantes: a culpa e a lei moral.

    Nos sonhos a autoridade maior era contestada, dando-me a liberdade subjetiva de deixar fluir o gozo pulsional contido. Com o tempo passei a desenvolver o que se chama na psicanálise, de REPRESSÃO dos desejos. Algumas vezes, o impulso era tão agressivo, que não tinha mecanismo de repressão que desse conta. A luta descomunal entre a moral e o mundo dos sentidos acabava pendendo sempre para o lado deste, como mais tarde pude aprender em Paulo, “o mal que não quero, este faço”.

    O desejo engatilhava a pólvora dos instintos mais passionais, e uma vez acionados não havia água que apagasse aquela fogueira, os ventos somente a atiçavam mais. Aliás, Machado de Assis disse certa vez que, assim como o vento apaga as velas, e açoita as fogueiras, assim acontece aos instintos do homem.

    Foram os moleques de rua (os pequenos fora da gaiola -rsrsrs) que me deram as primeiras lições de sexo, que meus pais e meus pastores eclesiásticos nunca tiveram a coragem de tocar, pois a abordagem desse tema era altamente proibitiva na época.


    Meu não a hipocrisia ainda reinante no campo do sexo!


    Levi B. Santos

    ResponderExcluir
  2. Mestre Levi


    È infelizmente o sexo para os cristãos – principalmente os evangélicos – ainda é um tabu, tanto para se conversar, quanto muito mais para se fazer!!!


    Como bem relatastes em seu depoimento vivenciado em sua vida infantil-adolescência, um dos grandes erros são a falsidade e a vaidade do fingimento por parte dos super crentes que não admitem ter desejos ardentemente eróticos como todo ser humano!
    Vive uma vida de mentiras, onde a maior mentira é mentir para si mesmos, negando tais desejos!!!


    Outro grande erro é a repressão sexual, que no final vai contribuir mais ainda, para o aumento dos desejos, como bem observou na frase de Machado de Assis, que o vento incendeia o fogo – claro que não vamos partir para a devassidão, numa espécie de orgias sexuais, pois o caminho da bestialização humana é tão perigoso quanto o legalismo extremado!


    Sabe Levi, eu as vezes tenho uma nítida sensação de que pelos corredores eclesiásticos da igreja evangélica, muitos lideres que são altamente preparados, também sabe que tanto a masturbação quando o sexo em um relacionamento sincero de mutuo respeito não somente não é pecado, mas faz muito bem em todos os sentidos, mas hipocritamente continuam legalistas, não querendo ceder, este que seria um marco para diminuir a religiosidade doentia da religião.


    Uno-me a você: Dizemos não a hipocrisia sexual, onde todo mundo faz – tanto a masturbação, quando a relação sexual, ou vamos acreditar em conto de fadas, que num país tropical que nem é o nosso, cheio de mulheres e homens sarados e bonitos, dentro da igreja, vão passar a juventude toda sem se masturbarem e praticarem sexo, esperando se casarem quando forem adultos?


    A hipocrisia sexual é a maior de todas as mentiras cristãs!!!!!


    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Eu te prometi que não ficaria espantado ou algo assim com esta sua postagem, mesmo antes de lê-la, você se lembra? Pois é, dito e feito: não me causou estranheza alguma este seu ótimo texto.

    Eu parodiaria você dizendo que "ser feliz não é pecado; pecado é não ser feliz" (e é claro que o sexo tem uma razoável parcela de contribuição para isto).

    Na verdade, eu concordo com o seu ponto de vista e realmente possuo algumas opiniões bastante avançadas(?) sobre o tema sexualidade. Tenho dois rascunhos sobre o assunto que deverei 'dar vida' em breve e que espero que suscite alguns questionamentos.

    Sobre o que o nosso mestre Levi escreveu, eu completaria dizendo que só quem nunca foi menino é que não sabe que é justamente em sendo-se menino e com outros meninos que se começa a saber o que é ser feliz. Depois cada um segue o seu caminho, mas tudo começa ali.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  4. Sexo é vida, é um dos sinais de que temos vitalidade é expressão mais perfeita do amor de um casal.

    Não resiti: Perco o amigo mais não perco a piada, la vai:

    Quem não gosta de sexo, bom sujeito não é não!

    Tá ruim da cabeça ou doente da mão...rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Calvinus diz

    Esse é o retrato da decadência moral desse cristianismo pós-moderno onde o mundo entrou e fez trono na igreja de Jesus!

    O sexo é para ser praticado no casamento e não na promiscuidade mundana onde adolescentes sem orientação são guiados por desejos lascívios e pecaminosos que os levarão com certeza, ao inferno!!

    Não gosto do Budha, abomino qualquer religião não-cristã, mas em uma coisa ele estava certo: o problema do homem é o desejo. Ele sofre por desejar, desejar e desejar e nunca se satisfaz, pois o desejo é o que o domina.

    Você é um falso crente que tem a mente de satanás e não de Cristo! Deus, o juiz justo, lhe pedirá contas de todas as blasfêmias e heresias que escrevestes nos últimos tempos.

    Te dou um conselho, rapaz: Arrepende-te enquanto é tempo, pois o dia do juízo vem!!

    ResponderExcluir
  6. Márcio

    Sem entrar em debates Anônimos, porque quero ver o desenrolar disso, vou contar uma experiência:

    Estava ministrando para casais numa igreja, quando falava sobre sexo oral, um presbítero afirmou ser pecado, que a boca foi feita para comer e que o local é cheio de bactérias (o local hahahah)etc. Engrassado, o lugar que tem mais bactérias é a boca, e a boca não foi feita para beijar e sim para comer. Que coisa ein.

    Sabe o que eu falei pra ele?

    O senhor nunca tomou um chupada no local hahaha, porque se o senhor tomasse não estaria dizendo isso. E disse ainda: O senhor está privando a sua esposa de um grande prazer e também está se privando de um grande prazer.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. ISAIAS MEDEIROS

    Me lembro sim Isaias, mas embora em você não tenha causado estranheza, não se poderia dizer de outros......

    É verdade amigo Isaias, ser feliz não é pecado, e o sexo tem uma grande parcela nisto de fato.

    Na verdade Isaias, eu acredito que a grande, ou a maior felicidade de todas as nossas faces, está em ser criança!

    Agora me diz ai, que opiniões são estas suas, que são bastante avançadas????
    Confesso que fiquei curioso!!!

    Uma outra questão que permeia o assunto sexualidade, seria o sexo entre pessoas homossexuais, mas acerca disto, eu ainda não tenho uma opinião formada.
    Como você escreveu (escreve) bastante sobre esse assunto, me diz ai, qual a sua opinião sobre o sexualidade homossexual??????

    Aguardando respostas..........

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. JAIR DOS SANTOS

    Fala ai meu grande amigo Jair!!!
    Realmente sexo é vida, e isto já diz tudo!!!
    Gostei da brincadeira, apesar de achar que muitos não vão gostar........

    Mas me diz ai, qual a sua opinião sobre masturbação na juventude????
    Pode, não pode, faz bem ou faz mal?????
    E para pessoas que são casadas??????

    Aguardando respostas.....................

    ResponderExcluir
  9. CALVINIUS (ou diria EDUARDO MEDEIROS!!!)

    Mas é claro que eu sou do mundo, E.T é que eu não podia ser!!!!

    Sexo na adolescencia é muito importante, e só no seu mundo da lua é que os jovens não fazem tais atos.
    Mas de fato, tu levantastes uma boa discurssão, pois quando é o momento certo para um jovem faz sexo???

    Acredito que isso vai depender de cada ser humano, de suas estruturas fisicas, psicologicas, biologicas e também da sua educação sexual!!!

    Mas em relação a moral, não vejo problema algum, pois o que é moral para nós hoje, não foi no passado e pode não ser no futuro, variando também de sociedade e cultura.

    Quer um exemplo?

    No oriente médio, as mulheres casam-se geralmente na adolescencia, com 12 ou 13 anos.
    O que para nós hoje é um absurdo, sendo um crime condenado pela justiça, e mal visto pela sociedade brasileira como pedofilia.

    Tá vendo Calvinius, que não podemos pradonizar a moral.
    Sei que não podemos proibir, mas também não podemos dizer para um adolescente quando ele deve fazer ou não sexo, isso vai depender de cada um, quando o mesmo senti que já está pronto e assumir a responsabilidade de seus atos.

    Agora em relação á ir para o inferno, depende, lá vai ter muito sexo?
    Pois sempre a igreja cristã nos pintou a imagem de um céu sem graça, onde vamos ficar descansando a vida eterna, e o inferno, um lugar de muita bagunça e diversão, com muita bebida, sexo e musica.

    Se o inferno for assim, eu sou o primeiro a entrar na fila!!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. WAGNÃO

    Um dia destes, eu li uma materia cientifica que diz que a boca tem mais bacterias do que o anus, pode acreditar nisto!!!

    Falando em sexo oral, também faz parte do prazer que Deus nos deu, é que prazer maravilhoso!!!

    Agora Wagner, como você é pastor, e, é muito experiente, chegando a dar varias palestras sobre a tematica da sexualidade, eu gostaria de lhe perguntar, o que você acha do sexo anal????

    Pode, não pode, é pecado, não é????

    Porque sujeira, por sujeira, nossa boca é imunda, cheia de bacterias, e além do mais, é só dá uma lavadinha e pronto.
    Então as bacterias não são um problema, o problema é a moral, então qual a sua opinião sobre isto?

    Aguardando respostas...........................

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como se o órgão sexual (em ambos os sexos) não fosse um local ideal para a proliferação de inúmeras bactérias... em outras palavras, a vagina é super limpa, livre de bactérias... Néscios... todo o corpo humano é habitado por bactéias, se fosse assim, não poderiamos nem tocar no outro pq a mão tb tem bactérias... gente ignorante.

      Excluir
  11. Os Doutores Leví e J. Lima que me corrijam:

    Em uma criança recem nascida são manifestados os extintos sexuais primeiramente pela boca (a libido)

    O Marcio não me meta em confusão com este negócio de masturbação, em outros tempos já fiquei até sem pregar por causa da culpa pelo ato de se masturbar, hoje já é outra historia.

    ResponderExcluir
  12. O Marcio apesar do meu sobrenome Dos Santos, estou longe de ser um...rsrsrs

    Como diria um nordestino que sou:

    Sexo Góstio muitio...rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  13. Meu querido irmao Marcio, agora vc bateu no tendao de aquiles do "conceito moral cristao sobre a sexualidade" kkkkk ... Que texto mais "herege" kkkk quando vi o texto falei comigo mesmo esse deve ser polemico. Concordo com vc em numero grau e genero.
    Quantas vezes me senti o pior dos seres quando "acontecia" o tal ato... e pior quando iam acontecendo pq foram varias vezes ...
    Minha opiniao a respeito, e que desde seja feito com amor , com responsabilidade, respeito etc... estou completamente de acordo com fazer amor ! agora o que nao podemos dizer que jovens adolescentes tem maturidade para saber o que estao fazendo, muitos nao tem noçao real das consequencia de tais atos por muitas vezes irresponsaveis, Gravidez doenças etc...

    Sexo responsavel ! este e o caminho ! kkkkk

    ResponderExcluir
  14. Há pedidos do próprio Ednelson Coelho, segue o seu comentário que me foi enviado por e-mail:


    Pow Marcio, não to mesmo conseguindo comentar em teu blog.Mas por aqui vai. Quero que tu coloques minha opinião lá na parte de comentários sobre o sexo.

    Mano, sexo é sexo, só isso. O que os crentes atuais moralistas erguem muros a respeito disso, é apenas uma forma de reprimir para os outros o que em seu coração e membros está doido para fazer. Sexo é um dádiva divina, que certamente não deve ser banalizado, mas praticado com alguém que realmente se ame, pois onde há amor sincero, há Cristo. Sem amor, sexo se torna pecado, pois se torna produto. Jesus mesmo declarou para a mulher em adultério: "Vá e não PEQUES mais!". Isso é pecado, amor por prazer apenas. Agora, sexo com amor, carinho, respeito, é pecado apenas na consciência pervertida de crente, pois ninguém sabe o que se passa no coração de um homem/mulher. É o tal do JULGAMENTO que crente adora fazer.
    Um dia desses, conversando com uma mana amada, ela disse que eu CAI, pois transei com minha namorada/mulher ou mulher/namorada (pois não sou casado no papel e nem na "igreja). E queria que eu confessasse, pensando que era orgulho meu o não confessar. Pensamentos assim é que deixam muitos em paranóia, mas quanto a mim, minha consciência está tão limpa quanto o Rio de Água Viva, da nova Jerusalém. Isso fez com que eu postasse aqueles dois ensaios do Caio no blog. Tem muita gente sofrendo com essas culpas, medos e paranóias nas "igrejas", por isso devemos alertar a todos em nossos blogs. Isso sim é um tema para ser debatido e debatido muitas vezes. Para isso que serve nossos blogs, para ajudar as pessoas que estão nas trevas mentais a se achegar à luz do Evangelho.
    Quanto ao sexo oral, anal, ora, tudo isso é permitido pela consciência do casal. Não temos nada Escrito na Bíbla a respeito disso, e muito menos Jesus perdeu tempo com algo que diz respeito apenas ao casal, portanto, é a consciência do casal que decide o que é prazeroso para ambos.

    Um beijo em você, ao Edsom e a todos que fazer parte dessa confraria amada.

    ResponderExcluir
  15. Manos Ednelson, Bruno e Jair, agora eu estou sem tempo para comentar, mas assim que poder eu vou comentar todos os seus comentários, e os dos demais!!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Respondendo a Jair dos Santos ─ sobre o prazer oral como a primeira manifestação da sexualidade infantil.


    A boca, os lábios e a língua são muito sensíveis; para o bebê a sua estimulação é muito prazerosa.

    A criança aprende rapidamente que sugar lhe proporciona prazer mesmo quando não existe leite, e isso conduz a sugação do polegar ou outra parte do corpo. A boca também serve como o primeiro órgão de agressão: morder, berrar e chorar.

    A repressão dos prazeres orais promovida pelos pais, vão dar lugar as primeiras frustrações infantis. Esses prazeres vão sendo amplamente reprimidos à medida que a criança cresce, porém, permanecem influentes dentro do seu inconsciente.


    Mas deixem eu realçar aqui, esse tema do “prazer oral”, com a historieta de minha “chupeta–consolo”:

    “Em um tempo distante, em minha primeira infância, ouvia o ecoar dentro de casa, ora era a voz de minha avó, ora a voz de minha mãe: Traz o consolo, que ele pára de chorar e adormece!...

    Na ausência dos verdadeiros peitos que não eram oferecidos, me empurravam por entre os lábios um grosseiro objeto que se chamava “consolo” que, hoje denominamos chupeta, bubu, etc.

    Naquele embalo eu me acalmava e lentamente, mas, lentamente mesmo adormecia. E, logo em sonhos eu via os peitos de verdade, e os sugava vorazmente, me lambuzando de leite num prazer incontido e inigualável que o velho consolo, que como todo consolo, não me dava segurança”.

    Hoje, já adulto, todas as vezes que ouço alguém falar: Vamos dar uma palavra de consolo? Lembro daquela chupeta-consolo que provocava em mim tão prazerosos sonhos e gratas fantasias que duravam até o acordar.

    Não sei se satisfiz ao amigo Jair, no que concerne a esse prazer, que nasce logo que chegamos a esse mundo.

    Hoje, já adultos, vivemos a repetir aquele primeiro ato, como um consolo maravilhoso em meio a um mundo frio, cruel e desumano.


    Abçs,

    Levi B.Santos

    ResponderExcluir
  17. Prefiro não ir para o céu, prefiro não ser religioso, prefiro não servir a Deus dentro desta concepção.
    ***Você trocaria Deus pela Carne????***
    E os seus seguidores, são muito estranhos, pois vive uma vida de hipocrisia, diante dos outros falam mal, dizem que não pode, mas quando ninguém vê, o jovenzinho se masturba pensando na jovem sua irmã de igreja e companheira de conjunto de jovens.
    ***Desrespeitoso, você prega a carne e não tem noção básica de santificação. O nome do site veio bem acalhar, um outro evangelho, a bom pois o que eu sigo, não é este daqui***
    Sabe eu não costumo criticar em site algum, porém me senti ofendido pela forma desrespeitosa que você tratou a questão. Que Deus te abençoe e retire as escamas dos olhos.

    ResponderExcluir
  18. JAIR QUASE SANTOS!!! Hahahaha

    Vamos fazer uma conjectura no campo das hipoteses:

    Existia um homem chamado muito crente, e ainda por cima era pastor de igreja que se chamava Pedrinho, que era casado com Ana, certa vez sua amada esposa teve que viajar para um outro estado, tendo que ficar por mais de um mês fora de casa.

    O pastor Pedrinho, se viu em uma situação de extremo embaraço, pois matinha relação sexual com sua esposa, um dia sim, um dia não.
    Mas agora ele se via em extremo desejo sexual.

    Jair quase santo, se o Pedrinho fose você, o que você faria?

    A-Se masturbaria.
    B-Se reprimiria e correria o risco de o desejo se agigantar cada vez mais.
    C-Faria uma campanha de oração e jejum para que Deus viesse repreender o demonio do desejo sexual.

    Aguardando respostas........................

    ResponderExcluir
  19. Meu amigo Bruno que de vez enquanto some, mas sempre aparece.
    Pelo visto você já me conhece, pois escrevo assunto bem polemicos, pois quero simplesmente abrir os assuntos imexiveis da vaca sagrado do cristianismo, para juntos re-pensarmos. E de um modo brilhante, as pessoas venham a participar, trazendo os seus pontos de vistas, que trazem mais luz sobre os questionamentos – independentemente da concordancia ou não.

    Obrigado pela honestidade e transparencia de seu comentário, pois muitos (quase todos) jovens praticam os tais atos “impuros”, mas hipocritamente fingem não fazer lho, e pior, condenam quem fazem!!!

    Como eu tinha escrito para o Calvinus, não podemos dizer exatamente que está ou não está aptido para ter relações sexuais, pois vai depender de uma serie de fatores, mas o importante mesmo, é cada um saber de si mesmo, com responsabilidade e consciencia.

    Há Bruno, antes que eu me esqueça......bem vindo ao clube dos hereges, também chamada de confraria dos pensadores fora da gaiola!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  20. EDNELSON

    Sempre que quizer dar sua opinião, nos fazendo um comentário, e não conseguir posta-ló em nosso blog, pode me encaminhar um e-mail que depois eu coloco aqui no blog pra você.

    Infelizmente muitos crentes pensam que o casamento valido é aquele assinado e patentiado pelo cartorio, realizado na igreja, mas de que adianta tais cerimonias, se não tiver amor!!!
    O casamento foi constituido por Deus, antes mesmo de haver cerimonias religiosas e regulamentação social.

    O melhor sexo é aquele feito com amor, pois sexo é uma entrega de ambas as partes, em que há uma profunda ligação.

    Muito bom comentário, se quizer aparecer de novo, fique a vontade!!!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  21. MESTRE LEVI

    Fiquei com inveja da aula que você deu para o nosso amigo Jair quase santo, se você me permiti, eu também quero que você de uma aula para nós, desenvolvendo um comentário sobre a sexualidade ainda, mas do ponto de vista da psicanalise.

    Dentre muitas coisas que você certamente abordará sobre a sexualidade, gostaria de saber sobre as fantasias eroticas que todo o homem tem.

    Qual a explicação da psicanalise???

    Aguardando respostas......................

    ResponderExcluir
  22. PASTOR JÚLIO FONSECA

    Seja muito bem vindo a esta sala do pensamento pensante!
    Fico grato pela sua participação, e, principalmente pelo seu ponto de vista, que foi visto por um outro ponto.

    Tentarei responder aos seus questionamentos:

    Sua frase: “Você trocaria Deus pela Carne?”

    Minha resposta: O que eu troquei não foi Deus, mas a concepção tradicional de Deus.
    Você concebe Deus diferente de mim, não problema nisto.
    Precisamos não ter a mesma ideia do outro, mas sermos tolerantes.

    Uma outra coisa, que a mentalidade evangelica de espiritualidade esta embasada na concepção dualista agnostica, de que o corpo é totalmenta má, mas o espirito é totalmente bom, logo, todas as coisas que procedem ou são para a carne é pecado, mas as do espirito são boas.

    Não penso assim, entendo que ser espiritual é ser mais humano.
    Fazer sexo com amor, comer comida, ter prazer é tão bom e espiritual, e ainda por cima, agrada a Deus tanto quanto a oração e a leitura da biblia.


    Sua frase: “Desrespeitoso, você prega a carne e não tem noção básica de santificação. O nome do site veio bem acalhar, um outro evangelho, a bom pois o que eu sigo, não é este daqui”.

    Minha resposta: Desculpe se lhe ofendi, mas penso assim, não precisando crer da mesma maneira em que creio.
    Se você esta feliz do jeito como você crer e vive, otimo, pois eu também estou feliz e em paz comigo e Deus.

    Sua fala: “Sabe eu não costumo criticar em site algum, porém me senti ofendido pela forma desrespeitosa que você tratou a questão”.

    Minha resposta: Só porque eu acho que masturbação não é pecado, e fazer sexo antes do casamento, com muito respeito, também não o é, você acha que fui desrespeitoso?

    Lamento meu irmão Julio, mas é assim que eu penso!!!!!

    ResponderExcluir
  23. Prezado Marcio


    Antes de tudo quero deixar bem claro que não sou psicanalista, e sim um autodidata, isto é, o que sei a respeito, é fruto de minhas apaixonadas leituras nos últimos quinze anos de exercício médico.

    O terreno é meio movediço, mas vou tentar dizer alguma coisa sobre esse ponto nevrálgico, considerado tabu entre as famílias, principalmente as cristãs.


    As fantasias são necessárias para o desenvolvimento inicial do ego em sua relação com a realidade. Uma realidade externa fornece material para a fantasia e a memória. Mais tarde, essas percepções externas começam a influenciar os processos mentais.

    “No começo, a psique lida com a maioria dos estímulos externos por meio dos mecanismos primitivos de introjeção e projeção”. Na medida em que a realidade externa frustra o bebê, ela é odiada e rejeitada. Tanto o pensamento de fantasia como o pensamento de realidade são modos distintos de obter satisfação, que supõem desejo, curiosidade e medo. No entanto, “o pensamento de realidade não pode operar sem a concorrência e apoio de fantasias inconscientes.

    Objetos que o bebê agarra e manipula estão investidos de libido oral. Se ele fosse inteiramente auto-erótico, como sustentava Freud, nunca aprenderia coisa alguma, pois a preensão satisfaz desejos orais frustrados pelo seu objeto original”.

    Melanie Klein, remete tudo ao começo de nossa vida, recorrendo ao conceito de identificação primária, que é o esforço do bebê para redescobrir em todos os objetos os seus próprios órgãos e seu funcionamento. A função simbólica habilita a fantasia a ser elaborada pelo ego e permite às sublimações de se desenvolverem.

    São as fantasias que sustentam e promovem o interesse pelo mundo externo, que facilitam a aprendizagem e fornecem a energia para organizar os conhecimentos. Porém, é no âmbito da sexualidade que as fantasias eróticas surgidas na infância e adolescência, se estendem na idade adulta com seu corolário mais visível, pois elas são, em parte, responsável pela consecução da descarga libidinal .

    “As fantasias são representantes psicossomáticos dos instintos (“expressão mental” de um instinto, como diria Freud). Elas permitem concretizar no mundo externo nossas necessidades instintivas mediante a “representação” fantasiada daquilo que preenche nossas necessidades. São uma invenção da mente, mas para o indivíduo representam uma experiência real subjetiva. Elas, no entanto, podem, naquelas pessoas que tem um “superego” muito rígido, ocasionar efeitos reais, emoções, comportamentos concretos em relação a outras pessoas; com repercussões no mundo externo, provocando até mudanças que afetam o caráter e a personalidade, gerando sintomas, inibições, incapacidades”.

    ResponderExcluir
  24. Sim, Márcio, estarei a escrever novamente sobre o tema proposto. Abraço.

    ResponderExcluir
  25. Marcio nem vem que não tem, não vou cair na sua armadilha meu fí. Tu tá querendo saber de mais mulke curioso...rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  26. Cheguei!!Vamos lá então!! Se a postagem é quente pode vir que eu estou fervendo!!

    No quesito deboche, você arrasou, zoou mesmo, e se existe um inferno pode crer que nem Hitler aquele bunda branca vai sofrer tanto quanto você, pode apostar, e duvido que no fundo no fundo você não sentiu um pouquinho de medo rstrsrs.

    Cara você faltou mesmo com respeito com a fé dos outros, tripudiou dos crentes como vinganças dos seus velhos tempos de punheteiro neurótico compulsivo kkkkk, mas pode ficar tranqüilo que quanto a isso eu sou muito devotado, me masturbo todo dia religiosamente kkkkk.

    Na verdade seus argumentos em relação à polução noturna me parecem que foram roubados dos meus comentários lá no púlpito cristão onde triunfantemente defendi este ato sagrado: a masturbação, enquanto o Levi só fazia gracinha, falar nisso adorei os comentários dele aqui também, ele é malandro, fala nas entrelinhas sem míngüem perceber, as mesmas coisas, que pelas quais a gente fica queimado na blogfera e na igreja.

    Agora meu caro Marcio quanto à originalidade e profundidade você ficou a desejar, pois você esta copiando a tese daquele velho romântico mui amado, mas quase caduco Caio Fabio rsrs. (Ednelsom é brincadeirinha, você sabe que eu gosto dele, e ele até me conhece).

    Quer dizer que para fazer sexo tem que ter amor? Isso é ridículo!! Quer dizer então que para eu comer aquele pudim delicioso da padaria eu tenho que estar apaixonado por ele, ou senão para eu devorar aquele pastel maravilhoso da feira eu tenho que amar ele primeiro? Ora essa a fome é um instinto humano, e é meu direito saciá-la, eu só não posso comer através do roubo ou engano, mas se eu olho para coca cola gelada e falo: eu ti quero, e a coca cola olha para mim toda suadinha e fala: só se for de canudinho, ai meu caro! a barra ta limpa é só cair pra dentro.

    Sexo um direito e uma responsabilidade do ser humano, aonde dois adultos livres concordarem um com o outro sem engano e mentira, eles tem todo direito de fazer tal ato independente de se amarem ou não, pois não é o amor, mas a verdade e responsabilidade que fazem do sexo um ato sagrado em qualquer tempo e lugar.
    Mas ainda isso é muito superficial, pois apenas estou falando em tese, pois na vida real fica difícil para muitas pessoas solteiras tais relações com responsabilidade e respeito onde isso faz um bem a pessoa e não um mal. Pois a maioria das pessoas precisão mesmo de uma relação segura para o sexo, e por isso tal regra ridícula da igreja acaba beneficiado muita gente que não tem estrutura para a liberdade.

    Mas por outro lado acaba prejudicando outras, pois o casamento (esta instituição boa para muitas pessoas mas imoral para mim e outras) faz uma triagem social onde somente os indivíduos de mentalidade e moralidade media são beneficiados enquanto os excêntricos ou necessitados de alguns atributos naturais ou sociais ficam a margem deste beneficio.

    (continua)

    ResponderExcluir
  27. (continuação)

    Existem indivíduos que por varias razões não se enquadram no casamento ou muito tarde em suas vidas tem certas estruturas para tais relações. Um exemplo é as pessoas que são muito individualistas e inteligentes que são pobres que geralmente vão casar tarde, pois primeiro vão querer construir certo patamar onde elas se sintam a vontade para morar junto com outra pessoa.

    Meu Deus! Olhem para a sociedade, o casamento faz uma eleição, escolhendo certas pessoas enquanto outras ficam para traz, daí que por não passarem nas condições que fazem com que um individuo case sedo e outro case tarde ( ou não case) elas estão privadas de um direito delas fundamental da natureza humana? Esse assunto é tão vasto que será tema do meu próximo livro: “os evangélicos e o sexo” onde eu vou derramar a bíblia diante dos crentes, não mostrando as coisas como elas devem ser (e que nunca foram), mas como elas eram (e são ainda) insofismavelmente.
    Mas vamos a pratica, do meu lado esquerdo seis casas para baixo tem uma menina de quatorze anos, gostosa feito mulher, carinha de inocente (se derrete quando eu dou um oi), e eu acho que seu chegar eu arranco uns beijos facin facim, daí que só beijo eu não ia querer, pois a química ia ser forte demais, só que tem varias questões que me broxam (graças a Deus).

    Primeiro é o meu amor a vida, pois se eu conseguisse, ela com culpa na consciência (ela é evangélica) ia contar para mãe, e mãe ia contar para o pai dela e o cara ia me matar com todo direito. A segunda e mais importante e que eu penso que eu estaria iniciando uma moça antes da hora, na vida sexual, a que levaria a relacionamentos precoces, escolhas mal feitas e um monte de coisa que só Deus sabe. E carregar isso para minha vida eu não quero, pois apesar de ser a favor do sexo antes do casamento eu não tenho o direito de fazer isso com uma moça, jamais.
    Bom a gora do meu lado direito duas casas para cima tem uma moça de cerca de uns vinte e dois anos, tipo mulher feita, corpo escultural, razoavelmente bonita, mãe solteira e olha para mim com uma carinha de: me ame por favor!. Daí que essa eu podia me envolver, só que tem um porem, eu não tenho coragem, só de imaginar que ela não esta afim só de sexo, mas quer um homem, e seu eu não posso ser esse homem eu não posso brincar com ela, e não posso dar algumas noites o que eu não vou poder dar para ela por mais tempo.

    E se para mim que sou homem já é difícil de se virar, imagine para uma mulher que conheceu sexo (e sexo bem feito) como seria ficar sem ele por muito tempo. Não e não e não, sexo mexe com a pessoa, pois não temos um corpo, somos um corpo, e por isso para mim não funciona desse jeito, a não ser que a pessoa esteja psicologicamente preparada, para uma relação rápida ou que eu esteja querendo algo muito estável.

    Conclusão, sexo fora do casamento não é proibido, mas em muitos casos também não é licito. Pois a lei que impera não é uma lei fixa, do pode ou não pode, fora ou dentro, antes ou depois, mas a lei da consciência que julga a cada momento e a cada circunstâncias o que é melhor a fazer. Não existe tal lei que antes do casamento pode com amor, ou somente dentro do casamento. A lei é circunstancial, cada um conforme o seu bom ou mau coração ira julgar a cada momento e oportunidade.

    Mas é necessário ter a capacidade de poder julgar, por isso, menores de vinte um não podem rsrsrsrsrs ouviu crianças, e Macio me desculpe se meu comentário foi muito melhor do que sua postagen, é que neste assunto eu ainda não falei nem cinco por cento do que tenho para falar, pois vocês não têm estrutura para ouvir... crianças.

    ResponderExcluir
  28. Vamos por partes – a começar (comentar os comentários ) pelas mais fáceis e pequenas!!!!

    ISAIAS MEDERIOS

    Vou esperar ansiosa por essa postagem-resposta, que talvez seja mais polemica que a minha!!!!

    JAIR QUASE SANTO

    Tú estais muito esperto heim malandro??!!!
    Fugindo das minhas perguntas nem seu pipoca, ta até parecendo com o maior dos pipocas da blogosfera, chamdo de GRESDER!!!!!

    Abraços a vocês dois!!!

    ResponderExcluir
  29. Esse papo todo tá me deixando excitado!!! O Calvinus vai tocar fogo nessa sala da libertinagem!!!

    Eu fui criado com minha santa mãe me dizendo que beijar na boca não era decente, que eu tinha que respeitar as moças da igreja...imagina o resto rsssss

    Confesso que fui sexualmente reprimido. Namorei sim, tive tesão sim, mas as palavras de mamãe não saiam da minha cabeça, e ainda tinha deus que do céu tudo observava...brincadeira!!

    O que me salvou é que eu sempre fui um romântico, um homem que queria amar uma mulher prá sempre. com certeza, era a influência das atitudes do meu pai, que sempre foi um apaixonado por mamãe.

    Bom, agora na masturba, não dava para evitar, era todo dia mesmo rssssss mas depois batia a culpa(batia???) que a religião colocava e aí eu orava, pedia perdão a deus e no outro dia, masturba de novo rssssss

    Cara, isso é neurotizante, eu não sei como eu não fiquei paranóico. Acho que o romantismo me salvou.

    Graças a deus estou casado e posso fazer sexo o dia e a hora que eu quiser. Gresder, morra de inveja, seu libertino!!

    Gente, acho que as meninas não vão aparecer...cadê elas?

    ResponderExcluir
  30. MESTRE LEVI

    Eu sei que tu não és um psicanalista profissional formado e acadêmico.
    Mas em contrapartida, tu és do nosso grupo de pensadores, o que mais domina com genialidade a psicanálise!!!

    Também pode ser dizer que as longas e deliciosas noites de “trevas” (queria saber quem é que inventou esse termo tão pejorativo!!) nada mais é que a realidade externa, internalizada e memorizada em nossa psique, que nos leva a reagir com estímulos corpóreos, o desejo acumulado dês da térrea infância!!!

    Já as fantasias, principalmente as sexuais, são uma representação imaginaria do mundo externo, sendo vivenciado através e em nosso interior mais profundo.

    Obrigado mais uma vez pela bela aula!!!

    ResponderExcluir
  31. EDUARDO MEDEIROS (Vou deixar o comentário do Gresder por último, propositadamente, também, quem mandou escrever uma outra postagem em cima da minha. Gresder isso não vale, você está me copiando seu plagiador subjetivo!!!)

    Acho que até o Calvinus não agüentou de tanta pressão, e deu uma saidinha para o banheiro – espero que não demore muito.

    Passei basicamente pelas mesmas coisas que você, pois dês dos 11 anos na igreja, já dá para imaginar que tive que lutar a minha juventude toda contra os desejos “impuros” – adivinha quem ganhava a luta???

    Então somos dois românticos a moda antiga, meu caro Eduardo – menos o safado do Gresder que é um devasso!!!!

    Eu também tenho a impressão que as meninas não vão aparecer por aqui tão cedo, pelos menos enquanto eu não colocar outra postagem – isso tudo é culpa do Gresder que é um lascivio!!!!

    ResponderExcluir
  32. Tudo muito bom, tudo muito bonito. Mas Marcinho, você deixaria sua filhinha do papai com 15 aninhos transar com um cara de 17??

    Bom, eu, se tiver uma filha um dia, espero que eu não precise impedir isso, pois espero que ela seja bem consciente. Evidente que sexo fora do casamento não tem nada de pecaminoso, mas sexo na adolescência é sim um problema. Eu disse problema, não pecado.

    Adolescentes não estão maduros para encarar o sexo de forma responsável, vide as milhares e milhares de adolescentes grávidas. Então, os pais tem que "fazer" a cabeça de suas filhas, principalmente.

    Agora, tenho que admitir que o Gresder tem uma visão moral da sexualidade bem interessante. Eu concordo com o que ele diz. Sexo não é para adolescentes irresponsáveis, é para adultos que sabem das consequências emocionais envolvidos na relação.

    Sexo sem amor? posso concordar também, visto que ele está certo ao dizer que basicamente, sexo é um instinto. Mas como somos seres sociais e não apenas instintivos, algumas regras devem existir. E quem deve estabelecer as regras, são os amantes.

    Mas como eu acredito também no amor, creio que sexo com amor é o melhor dos mundos. Sexo sem amor é só instinto, sexo com amor é instinto com um plus...

    ResponderExcluir
  33. E finalmente por último dos últimos, o menos importante......GRESDER SIL (ou deveria chamar de ESDRAS GREGORIO)!!!!

    Gresder seu loco maníaco compulsivo de comentários extensos, perdi até o tesão de comentar o seu comentário, pois é maior que a minha postagem!!!!

    Gresder se existir de verdade um inferno, então nós dois estamos perdidos e queimados por toda eternidade!!!!

    Por ser um “santo” eu quase não me masturbava, não era como você, mas infelizmente – infelizmente para aquela época – eu não conseguia resistir por muito tempo, e por mais que lutasse, orasse, jejuasse e lesse a bíblia, sempre era derrotado pela masturbação.

    (Eu duvido que tenha algum jovem crente que não seja mentiroso, que nunca se masturbou ou que não se masturbe!!!)

    Que púlpito cristão??? Que comentário???? Você ta louco?? Você vira e mexe, copia minhas idéias, meus estilos e comentários. Agora só que me faltava mesmo, vai dizer que a minha postagem eu roubei de você??? Além de vaidoso é mentiroso agora??

    Novamente você pirou de vez, pois a postagem do Caio que o Ednelson colocou, faz pouco tempo, uns 3 ou 4 dias atrás, sendo que esta postagem, eu escrevi fazem 3 semanas, sendo que lhe mostrei quando você venho a minha casa, isto há 2 semanas atrás.

    Gresder você não consegue criticar o conteúdo da minha postagem, ai para conseguir menosprezar os meus argumentos, você vem e diz que eu copiei de você, depois fala que eu copiei do Caio, agora falta mais quem???

    Gresder quando eu falei de amor para transar, eu estava me referindo a minha consciência, e não generalizado um padrão moral e conduta para todos.
    Pois de fato, sexo é sexo mesmo sem amor, mas vamos falar a verdade, como é lindo e romântico fazer amor duas vezes, uma por estar transando, e, a outra é por estar se amando!!!!

    Bom mesmo é o sexo seguro e amável de um relacionamento conjugal, onde ambos estão “casados”, pois eu não gosto da idéia de conhecer hoje e já transar, e ainda por cima, descartar e procurar outra (ou outro), o legal, falo de mim mesmo, é conhecer e se aprofundar em conhecer a outra pessoa em um relacionamento permanente.

    Gresder o seu extenso e cansativo comentário, não chegou nem aos pés da minha postagem, pois não é somente o conteúdo, mas o estilo sarcástico que utilizo que é a grande força do texto.

    O meu texto é tão delicioso quanto o próprio sexo, já o seu comentário é cheio de conceitos, mas muito, mas muito mesmo cansativo e chato, tanto que vou parar por aqui, pois não agüento mais ler o seu comentário!!!!

    Desculpe meu amigo, se eu te humilhei de novo, mas dá próxima vez, eu deixo você ganhar.......

    Há propósito Gresder, nós dois colocamos quase ao mesmo tempo nossas postagens, que é que está com mais comentários heim???

    Se os seus textos são melhores do que o meu, porque razão, motivo e circunstancia, sempre você perde feio para mim em numero de comentários???

    Gresder você está se auto enganando meu amigo!!!! hahahahahahahahahah

    ResponderExcluir
  34. E mais uma coisa: vou acrescentar mais uns ítens na minha relação de coisas que libertam o crente da "crentinice":

    O palavrão, o rock, a cerveja, a "mão amiga", o sexo oral e o sexo anal.

    Tudo com amor(preferível) e respeito pelo outro. Como eu disse, quem faz as regras, são os amantes. Se um quer e o outro não, se conforme. O amor tudo suporta rsssssss

    no caso do Gresder, que transa sem amor, ele terá mais vontade de dar uns tapas na mulher que lhe contrariar, pois o instinto só quer se satisfazer. O instinto é egoísta por natureza.

    Cruz credo, esse Gresder é perigoso, eu tô falando...

    ResponderExcluir
  35. EDUARDO MEDEIROS

    A onde você leu que eu apoio sexo entre adolescentes???
    Eu apenas me utilizei do recurso cultural de cada época para responder ao Calvinus, que a moral varia de sociedade, cultura e etc..............

    O que para nós é imoral, sendo um crime hediondo, onde abominamos uma pedofilia, para outras culturas e povos era normal. Só disse isto, como um recurso para mostrar ao calvinus que a moral não tem nada haver com a discussão de sexo!!!!

    Em relação ainda ao sexo na adolescência, com qual idade deve começar a transar, eu também disse que vai depender muito de cada um, de cada estrutura educacional, emocional, biológica e etc............

    Não disse, e nem digo como regra geral quando o jovem ou adolescente deve começar ater relação sexual, embora já é sabido, a nível de pesquisas e estudos pelos sexólogos, que cada vez mais, o jovem inicia a sua sexualidade mais cedo, agora padronizar quando deve começar, isto não devemos fazer, vai variar de pessoa para pessoa.

    ResponderExcluir
  36. Novamente EDUARDO MEDEIROS

    Você está ficando pior do que o Gresder em seus comentários devassos!!!!
    Deste jeito é que as meninas não vão aparecer mesmo por aqui – puxa vida, e eu que gostaria de ouvir uma opinião feminina, mais sensível sobre o assunto!!!!

    Mas concordo com tudo e mais um pouco sobre o Gresder, aquele insensível, foi feito para ser amante e não para casar!!!!!!

    ResponderExcluir
  37. Espera só um pouquinho rapaziada que eu vou ali, jantar um pouquinho e depois eu volto tá bom!!!

    Mas pode continuar a vontade, que depois eu comento os seus comentários!!!

    ResponderExcluir
  38. Pronto voltei, agora pode começar de novo nosso excitante e erótico debate!!!!!

    Vamos lá rapaziada..........cadê você EDUARDO e GRESDER!!!!!
    Ou qualquer outro leitor, pode comentar e dar sua opinião, mesmo que seja para discordar.
    Pois é exatamente isto, a grande finalidade desta sala do pensamento.....pensarmos e discutirmos idéias!!!!!
    Todos são bem vindos, tantos tradicionais com liberais, católicos, judeus, gays, lésbicas e simpatizantes!!!!!

    ResponderExcluir
  39. "Sábio é o homem que muda de opinião", pois bem, volto um pouco atráz na minha e decido fazer um breve comentário nesta sala de pensamento (pensamento?), antes que vocês acabem por espantar os poucos visitantes que ainda têm...nem vou falar das "meninas", pois essas sei que não vão...e nem quero que apareçam por aquí agora!

    Seu texto é muito elicado Marcio, eu o lí e re-lí várias vezes, mas não concordo em alguns pontos sobre o assunto (não sobre o texto em si)

    1º Você é um homem casado, tem uma vida sexual segura e tem acima de tudo...o amor de sua mulher. Não estaria você querendo acreditar que os jovens e adultos que irão ler este texto...pensarão à partir do seu pensamento..ou está?

    2ºConcordo com o Eduardo em dizer que devemos atentar sim...para a idade com a qual nossos filhos iniciam a sua sexualidade!

    3ºNão estou gostando dos termos que estão sendo usados pelos participantes do "debate" (que posso antever...não chegará à lugar algum). Principalmente Esdras Gregório e Wagner. Pois tenho duas filhas, e elas sempre leêm estes artigos, mas são impedidas por mim de fazer qualquer tipo de comentário. Não esqueçam que não há sensura neste espaço virtual meninos.

    4ºE último. As vidas particulares de Alguns dos participantes, não devem ser expostas de maneira tão agressivas nesta sala de pensamentos. Portanto meninos: Moderem o palavriado e atenham-se a dizer somente aquilo que é relevante ao tema.

    Desculpem-me por esta aparição tão repentina...mas infelizmente não temos mais o Noreda para apagar o fogo que se alastra de forma tão destruídora nesta floresta de pensamentos muitas vezes...irresponsáveis.

    Obrigado!

    Edson Moura

    ResponderExcluir
  40. EDSON MOURA

    Quer dizer que você é uma espécie de super herói dos blogs??? Que sempre aparece na hora em que o bicho ta pegando, o fogo ta queimando, e o tornado está destruindo as coisas?? Se for assim, então a sua volta será antecipada se depender de mim, pois EU SOU O ALCOOL NESTA FOGUEIRA DO PENSAMENTO!!!!!! Hahahahaha
    Faria de cada postagem minha, mais e mais polemica, para que você volte mais rápido!!!!

    Vamos que vamos ao debate meu sócio querido!!!!

    1-Concordo com você sobre o palavreado nesta sala tão delicada e sensível de pensamento. Os caras – WAGNER, GRESDER e até o DUDUZINHO, estão entrando para arrebentar com seus palavrões reprimidos!!!!!

    Se continuar nesse nível, as meninas não vão voltar tão cedo, sem contar as que estão lendo, mas não tem coragem para se manifestar!!!!

    2-Eu apesar de ser casado, com bem descrevestes, com uma mulher maravilhoso, quando escrevi o texto em sua originalidade de motivação, foi a parti do meu ponto de vista de solteiro – embora sendo casado agora, mas antes não era, pois é justamente neste “não era” que eu desenvolvi o meu texto, e espero sinceramente que, os jovens e adultos que forem ler o meu texto, venham se libertar das amarras da religiosidade doentia e desprazerosa do prazer!!!!

    3-Também concordo plenamente com o Eduardo, acreditando que educação sexual não deve ser aprendida na escola, por amigos, ou lideres religiosos, mas pelos próprios pais!!!!

    E por último e mais importante...........estou morrendo de saudades de você.......ve se volta logo.............e mais uma vez............seja bem vindo!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  41. Ei ei ei ei!!

    Não falei nenhum palavrão e nem palavras de baixo calão!

    E quando se fala de sexo oral, qualquer adolescente sabe que é com a boca sendo colocada na vagina,no pênis e a onde quiser.

    Não usei nenhum termo para provocar esse tipo de reação, falei o que disse num evento de casais casados e de obreiros da igreja.

    Não existe base bíblica para proibir entre casais o sexo anal e oral. A única recomendação é para que a mulher decida e tenha prioridade na relação sexual. Se ela quiser e gostar, está tudo bem.

    Não coloquem palavras na minha boca.

    Sem falso moralismo
    Um abraço

    ResponderExcluir
  42. WAGNÃO tu finalmente aparecestes!!!

    Em relação ao sexo oral e anal, vai depender que cada casal, mas também concordo contigo, que não há base bíblica para tais proibições.

    Falando sobre o sexo oral, estudando sobre o assunto, descobri que até os anos 70 aqui no Brasil, as mulheres casadas não praticavam, mas, somente as prostitutas, mas como a questão moral, vai variando e mudando para cada cultura e sociedade, hoje passou a ser comum nos relacionamentos.

    E convenhamos, se o casal não fizer tais atos, talvez o parceiro ou parceira conjugal, vá para outros lugares e pessoas procurarem essas aventuras picantes, por isso é muito importante os casais sentarem e conversarem sobre o que gostam de fazer e, o que não gostam, para que se possam dar o máximo de prazer possível para o seu parceiro, e, para si mesmos!!!

    Uma coisa importante que geralmente as pessoas esquecem – principalmente os homens – é que sua mulher é a sua mulher e não a sua irmã, ou seja, se não fizer com a sua – claro com consentimento mutuo – vai procurar outros ou outras para fazerem!!!

    Uma outra boa dicas para os casais, é que revelem suas fantasias eróticas para o seu parceiro, para que ele ou ela dêem a chance de se darem prazeres!!!!

    Estou contigo Wagnão, abaixo o falso moralismo!!!!

    ResponderExcluir
  43. Amor E Sexo
    Rita Lee
    Composição: Rita Lee / Roberto de Carvalho / Arnaldo Jabor

    Amor é um livro
    Sexo é esporte
    Sexo é escolha
    Amor é sorte...

    Amor é pensamento
    Teorema
    Amor é novela
    Sexo é cinema..

    Sexo é imaginação
    Fantasia
    Amor é prosa
    Sexo é poesia...

    O amor nos torna
    Patéticos
    Sexo é uma selva
    De epiléticos...

    Amor é cristão
    Sexo é pagão
    Amor é latifúndio
    Sexo é invasão
    Amor é divino
    Sexo é animal
    Amor é bossa nova
    Sexo é carnaval
    Oh! Oh! Uh!

    Amor é para sempre
    Sexo também
    Sexo é do bom
    Amor é do bem...

    Amor sem sexo
    É amizade
    Sexo sem amor
    É vontade...

    Amor é um
    Sexo é dois
    Sexo antes
    Amor depois...

    Sexo vem dos outros
    E vai embora
    Amor vem de nós
    E demora...

    Amor é cristão
    Sexo é pagão
    Amor é latifúndio
    Sexo é invasão
    Amor é divino
    Sexo é animal
    Amor é bossa nova
    Sexo é carnaval
    Oh! Oh! Oh!

    Amor é isso
    Sexo é aquilo
    E coisa e tal!
    E tal e coisa!
    Uh! Uh! Uh!
    Ai o amor!
    Hum! O sexo!

    Que música ein!

    ResponderExcluir
  44. O Marcio seu muleke depravado, não se esqueça que moralmente ainda sou seu Pastor, se você ainda estivesse congrgando comigo, só por este texto ja te colacaria de banco mais ou menos 6 meses...rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  45. Esqueci você ja é Diacono, e pelo estatuto interno do nosso respeitado ministerio, sua pena é de um ano de reclusão...hehehehe

    Em caso de reincidência...Guilhotina...kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  46. REALMENTE O NOME DESTE BLOG DIZ BEM O QUE ELE É:
    OUTRO EVANGELHO, POIS O QUE CONHEÇO NÃO É ESSE AÍ NÃO !

    ResponderExcluir
  47. Muito bem lembrando Wagner, esta musica da Rita Lee sintetiza tudo!!!
    Sexo se faz também por puro e simples prazer, mas o melhor mesmo é quando está se amando!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  48. JAIR QUASE SANTOS (Gostei do novo apelido. Rsrsrs)

    Se eu tivesse em seu ministério, seria queimado na fogueira vivo, pois de todas as heresias, a pior é falar de sexo, ainda mais como eu falei!!!!!

    ResponderExcluir
  49. Caro PROCLAMADOR

    Seja bem vindo em nossa sala do pensamento, mas já advirto: o blog possui ideias que são prejudiciais a fé infantil e alienada dos evangelicos!!!

    Eu esperava mais de você!!!
    Porque você não faz como todo mundo que passou por aqui, e, comenta sobre a postagem, derrepente você poder ter um ponto de vista, que nós não tivemos, ou vai preferir ficar somente denigrindo o nome do blog?

    Todas as ideias manifestadas nesta sala são bem vindas, eu não excluo, nunca exclui e não excluirei.

    Pois como bem falou Nietzsche dizendo que: “Se quizermos corromper um jovem, basta ensinar ele só respeitar as ideias iguais as deles”!!!!

    Não se preocupe, pois aqui todos nós temos liberdade de expressão!!!

    Abraços e volte sempre, mesmo que seja para discordar, não há problema!!!

    ResponderExcluir
  50. Alguns esclarecimentos aos amigos leitores e confraternos deste blog:

    1-Sempre quando escreve alguma postagem para o blog, eu procuro pensar que ninguém lerá as minhas palavras, eu tento escrever com a maior honestidade e verdade possivel, deve ser poir isso que me exponho tanto, pois não messo as minhas palavras.

    2-Como já dizia o Monteiro Lobato que: “Há dois modos de escrever. Um, é escrever com a ideia de não desagradar ou chocar alguém (...) Outro modo é dizer desassombradamente o que pensa, dê onde der, haja o que houver: cadeia, forca, exílio”.

    Ao lerem os meus textos, dá para perceberem com é o modo que eu escolhi para descrever minhas ideias!!!!

    3-Eu escrevi este texto, lembrando de minha experiencia como evangelico dês dos 11 anos, a verdade é que fui ensinado que fazer sexo e se masturbar eram pecados graves, que me levaria para o inferno.
    Acontece que, por mais que eu lutasse, orasse, jejuasse e lesse a biblia, eu não conseguia (Quem é que consegue? Mas não vale mentir!!) ficar muito tempo se me masturbar, embora conseguisse ficar muito tempo sem ter relações sexuais.

    Mas o pior de tudo é que quando eu fazia tais atos, me sentia um lixo, por causa da neurose evangelica que se criou entorno da sexualidade, pintando um retrato demoniaco, sendo que eram simplesmente meus desejos e instintos humanos que Deus nos fez!!!

    Atraves deste texto, eu quero ajudar os jovens e adultos, tanto os solteiros, quando os divorciados, que são manipulados e presos pelos dogmas da igreja.

    Já que muitos pastores que já chegaram neste entendimento, não tem coragem – ou será que é medo de perder o status quo da religião ? – para falar e tratar sobre o assunto, eu resolvi vir a públicar e dar a minha cara a tapa, e dizer o que eu penso sendo totalmente sincero e honesto sobre o assunto.

    Espero ao menos que todos que leram este meu texto, até mesmo os mais conservadores, pelo menos pensem, dei o direito da dúvida, pois é melhor tratada de modo sadio e aberto com os jovens, conscientizando-os a serem responsaveis, do que mentir para eles, reprimindo-os e fazendo que eles venham a ser hipocritas!!!!!

    Sem falso moralismo, cansando de ficar tanto tempo na igreja me enganando e enganando os outros, pois qual dos jovens que nunca se masturbaram, ou que se masturbe, ou venha a se masturbar, pois isto está intreseco no ser humano, a não ser que ele seja uma maquina!!!

    Abraços a todos, e, fiquei a vontade para fazerem os seus comentarios, vamos pensar e re-pensar juntos!!!!

    ResponderExcluir
  51. Deus inventou o sexo, mas veio o diabo, falou que era pecado e inventou a punheta. Daí os crentes se esfolam na punheta, mas não transam por nada, senão papai do céu castiga.

    ResponderExcluir
  52. Márcio seu sofista, eu me contento em perder para você pois eu acho que gosto mais do seu blog do que do meu rsrs, mas acontece que eu não estou tendo relações conjugais com a Marinet e por isso fico alguns poucos momentos com Lana e Rose, dai que não da para provocar discusoes como você, alem de não ser do meu carater apelar para conseguir gloria a Deus, quer dizer: comentários.


    ...ops apareceu o Gabriel, que coisa em! eu que pensava que ele era estrela, e que nos tinhamos que ficar babando nos seus textos enquanto ele nem dava bola para o que a gente escreve...

    ResponderExcluir
  53. meu amigo e realmente o fim esta proximo para uma pessoa como vc que se entitula de varias formas beneficas falando essas coisas e realmente outro evangelho mesmo que vc esta pregando nao me causou espanto agora irmao nao coloque o evangelho de deus a seu serviço nao brinque se vc quer ser respeitado respeite religiao dos outros seja ela qual for porque e sabido que vc nao leu nenhum ponto nem uma virgula da biblia e nao conhece a palavra amem irmao e que o senhor possa ter piedade de ti no dia do juizo amem

    ResponderExcluir
  54. Gresder eu também posso te confessar uma coisa: eu também gosto mais do meu blog do que o seu – aquele blog parece pergaminho antigo!!!! Hahahahaha

    Gresder a minha grande vantagem sobre você ou cima de você (pra mim tanto faz, você é quem escolhe. Rsrsr) é que eu me importo com meus leitores, não deixo de responder ninguém, já você, escolhe o comentário que vais comentar – a primeira e mais importante lição, do “aprendendo a bloga com o marcinho” é valorizo os seus leitores acima de tudo, pois se não, você vai ficar sem nenhum!!!!

    É Gresder finalmente apareceu a joia rara dos blogs: GRABIEL, mas conhecido como BILL!!!
    E já chegou chegando, detonando tudo pela frente!!!!!
    Seja bem vindo Bill, sua presença muito nos alegra!!!!

    ResponderExcluir
  55. A paz do Senhor Jesus pra você meu irmão Nielson!!!

    Porque ao inves de me criticar, você não analise a minha postagem e dá a sua opinião????
    Cada um tem o direito de crer no que quer crer, mas também tem o direito de liberdade de expressão de dizer o que crer e de que maneira crer.

    Ao inves de perder tempo me criticando e me amaldiçoando, analise a postagem, pois o tema aqui não sou eu, mas sim o texto em apreço.

    Muito obrigado pela visita, volte sempre, mas por favor dá proxima vez comente o texto e não fique perdendo tempo em me “converter”, me colocando medo do inferno!!!!

    ResponderExcluir
  56. A sua vantagem seu neurótico é que você além de ser um Usain Bolt para digitar, tem mais de trez computadores disponíveis na sua casa e trabalha com computador, enquanto eu estou divorciado da Marinet. Além de contar que você é um capitalista compulsivo que não dorme e não vive direito, enquanto eu prezo pelo meu bem estar e qualidade de vida. Vê se o Eduardo e o Levi são obsessivo como a gente, eles são homens e não crianças que ficam disputando para ver quem tem o ...

    Falar nisso eu acho que expulsamos de vês as mulheres, pois nem sinal de vida, elas estão dando; e você para de tratar mal as pessoas que aparecem aqui, você esta muito metido Muleque

    ResponderExcluir
  57. Correndo o risco de ser ostracizado, ultrajado e até mesmo difamado, venho, por meio desta dar minha cara a tapa no terreno alheio, rsrsrsr...





    Acho realmente tosca que a suposta "fruta" do pecado seja a maça, mas a sua comparação também não foi lá essas coisas não, meu velho...

    Tive a oportunidade de ler o seu blog com o referido texto e o achei demasiado simplista, apesar dos títulos chamativos e das fotinhas bem coloridas!!

    Mostrar a fragilidade dos cristãos quanto a esse assunto não enaltece o conteúdo do texto, pelo contrário, o enfraquece pela pobreza de argumentação...


    Creio que para os "espíritos-livres" a velha fórmula de chutar cachorro morto não vale...
    Recomendo que só coloque no blog algo que seus amigos e inimigos já tenham lido e relido antes, simplesmente para não correr o risco de encontrar um chato no caminho...


    Você sabe que sua retórica deve ser mais forte (a não ser que sirva simplesmente para entretenimento), vir recheada de lógica, perspectiva filosófica, sociológica e psicológica e ser de preferência, totalmente "laica", sem chutar os frágeis "calcanhares de Aquiles da religião X ou Y"...


    Aliás... qual é a "sua"?


    Tem uma ideologia que mais lhe agrade?
    Tem uma religião que seria a resposta subjetiva para todos os seres racionais da Terra?
    Tem de fato alguma boa sugestão ou prefere nos deixar no vácuo junto a suas acusações aos "hermanos" mais fracos...
    Faz tempo que não parto para uma boa discussão, mas sei lá, de repente me senti impelido a isso...



    Quando tiver mais tempo e disposição lerei os outros artigos postados no blog e os comentarei, pois creio (ooops, palavra proibida) que com mais pessoas discursando, talvez seu blog fique mais interessante...






    Abraço,


    Dio Nizio

    ResponderExcluir
  58. AO PROCLAMADOR E AO DIO NIZIO

    A questão sexual é um assunto importante que deve ser dabatido pela igreja cristã, visto que a hipocrisia corre solta nessa área.

    Não adianta vir aqui e dizer que o Márcio e os outros são isso ou aquilo, ou vão para o inferno ou para não sei aonde, mesmo porque, ninguém por aqui crê nesse inferno (Hades) grego que os judeus acabaram incorporando à sua religiosidade.

    Então, amigos, façam propostas, discutam o tema e parem de falar mal do blog. O mais importante não é a profundidade estilista da escrita, e sim, o tema em si.

    EDSON,

    compreendo suas observações, mas também não vi nenhuma palavra de "baixo calão", e que o assunto está sendo tratado com descontração, como se estivéssemos num bar tomando uma coca-cola.

    Creio que os termos que alguns usaram são de uso corrente, talvez não sejam termos técnicos, mas não são de baixo calão: sexo oral, anal, masturbação, são todos termos correntes.

    ABRAÇOS A TODO

    ResponderExcluir
  59. GRESDER SIL

    Você me zuou dizendo que eu era pobre, mas vejo que você esta no mesmo barco que eu – ou talvez até pior, pois eu, como você disse, tenho 3 computadores (Tudo bem que 2 dos 3 é do meu pai, mas de qualquer forma, como eu moro em cima da casa dele, e posso usar quando bem entender, então consideraremos 3). Rsrsrsrsr

    Gresder eu não sou capitalista é você que desprezar os seus amados leitores – que diga-se de passagem, são por causa deles que estamos aqui, nunca se esqueça!!!!

    Pergunte ao Eduardo para você ver, se ele também, assim como eu e o Edson, não valoriza os seus leitores, pois já percebi que ele comenta TODOS os comentarios, não importando quais sejam e que pessoas sejam – já você.......só comenta os mais importantes, ou seja, menospreza os demais leitores!!!!

    ExpulsaMOS uma virgula, você EXPULSOU com seus comentarios devassos seu lascivio. Hahahahahah

    Eu não tratem mal, apenas respondi a altura dos comentários, pois já disse e vou repetir, o problema não está em discordar de minhas ideias, nós próprios da confraria vivemos discutindo e discordando um do outro – e a graça reside ai meu amigo.

    Então Gresder, pare de tentar queimar o meu filme, pois não adianta, você nunca poderá ter o prestigio que eu tenho!!!!!

    Vê se aprende comigo seu MOLEQUE!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  60. Dio Nizio (Você não tinha um nome ficticio melhor do que este não? Este é meio sem graça. Rsrsrs)

    (Outrossim, você poderia ter se indentificado com o seu nome verdadeiro, mas se prefere assim, por mim tudo bem!)

    Também acho ridiculo falarei que a fruto do pecado foi a maça, pois como bem disse, a maça como fruta erotica, não tem graça nenhuma.
    Mas quando eu falo do caqui, eu não falo serio, estou apenas sendo sarcastico, então nem levarei em consideração esta sua fala de deboche do erotico caqui. Rsrsrsrsrsrs

    Deliberadamente fui simplista sim e não nego, pois há pessoas de todos os niveis intelectuais lendo esse blog.
    Essa foi a ideia em sua originalidade do meu socio que escreve bem mais profundo do que eu.

    Eu não usei de todas as argumentações possiveis no texto supracitado, pois a graça de uma postagem é a de justamente não falar tudo, apenas começar o assunto e deixar que no meio dos comentários venha reforçar a argumentativa da tematica.

    Agora se os meus argumentos apresentados são pobres, quais são os teus?????

    Pois até aqui você só criticou, desdenhou e desprezou o meu texto, então a partir de agora, apresente a sua antitese de minha tese!!!

    Aguardando respostas......................

    Se você quer encontra obviedades vá para outros blogs, pois aqui eu só escrevo assuntos polemicos que venham trazer uma profunda e relevante discussão reflexiva!!

    Quanto as outras perguntas em uma outra hora eu respondo, pois vamos nos ater em debater sobre a tematica da sexualidade!!!!

    Demorou, será um imenso prazer ter um “chato” que nem você para ler e discutir as minhas postagens.

    Seja bem vindo a “confraria dos pensadores fora da gaiola”!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  61. EDUARDO MEDEIROS

    O seu comentário dispensa comentário, somente venho assinar embaixo tudo que você falou, não havendo mais nada para se dizer!!!!!

    Abraços e estamos ai esperando os argumentos dos contra!!!!

    ResponderExcluir
  62. Bem, como ninguém aqui ainda, citou a biblia, eu gostaria de descrever alguns versiculos do livro de Cantares de Salomão, para mostrar o seu alto teor erotico e sensual:

    Leia e deixe a sua mente viajar pelo erotismo biblico:

    Eu dormia, mas o meu coraçäo velava; e eis a voz do meu amado que está batendo: abre-me, minha irmä, meu amor, pomba minha, imaculada minha, porque a minha cabeça está cheia de orvalho, os meus cabelos das gotas da noite.
    Já despi a minha roupa; como as tornarei a vestir? Já lavei os meus pés; como os tornarei a sujar?
    O meu amado pós a sua mäo pela fresta da porta, e as minhas entranhas estremeceram por amor dele.
    Eu me levantei para abrir ao meu amado, e as minhas mäos gotejavam mirra, e os meus dedos mirra com doce aroma, sobre as aldravas da fechadura.
    Eu abri ao meu amado, mas já o meu amado tinha se retirado, e tinha ido; a minha alma desfaleceu quando ele falou; busquei-o e näo o achei, chamei-o e näo me respondeu. (Cantares de Salomão Capitulo 5 v 2-6)

    (Que lê entenda!!!)

    ResponderExcluir
  63. Irmão Marcio o que aconteceu com você?
    antes você criticavam os pastores que faziam o que queriam , só para ter o que eles queriam "DINHEIRO".

    Eu aceitei Jesus por causa do seu blog, sempre entro nele mais nunca comentei! eu acho ele incrível, mais agora parece que vocês estão fazendo essas postagem para chamar "atenção" como um criança chorar para mãe querendo algum brinquedo.

    não sei o que realmente aconteceu com você mais não é o irmão Marcio que postou um texto e me fez aceita a Jesus.
    Ninguém Saber o que realmente Deus é, a teoria não consegue enxergar a Deus como também não consegue enxergar o AMOR.

    MUDA meu irmão por favor, eu aceitei a Jesus por sua causa e agora vejo que você esta na situação que eu tava.
    Tanta gente equivocada faz mal uso da palavra
    Falam, falam o tempo todo mas não tem nada a dizer, igual a você meu irmão.

    Se você quer acreditar para se sentir melhor, já começou errado. Isso é uma forma egoísta da busca pelo bem estar - seria, se for o caso.
    Acreditar em Deus pode vir de duas formas: racionalmente (lógica) ou emocionalmente (simplesmente acreditar).

    Se for por motivos egoístas, é melhor não acreditar.

    Para pensar: já imaginou se Deus for uma criatura extremamente evoluída criada por outra mais evoluída ainda? Que Deus nos criou, mas que ele também foi criado por outro Deus? Continue pensando muito a respeito e fique louco... É a única coisa que vai conseguir.

    Faz sentido que haja uma força maior que crie ou que deu início ao ciclo da vida? Faz. Ponto. Agora não signifique que seja de uma forma prédeterminada e veiculada pela mídia e pessoas. Pode ser algo totalmente fora do que se espera. A única resposta firme que vejo é que existe um Deus, um ser superior, ou uma força maior.

    Um senhor de 70 anos viajava de trem tendo ao seu lado um jovem
    universitário que lia o seu livro de ciências.
    O senhor, por sua vez, lia um livro de capa preta.

    Foi quando o jovem percebeu que se tratava da Bíblia e

    estava aberta no livro de Marcos.

    Sem muita cerimônia o jovem interrompeu a leitura do velho e perguntou:
    - O senhor ainda acredita neste livro cheio de fábulas e crendices?
    - Sim, mas não é um livro de crendices. É a Palavra de Deus. Estou errado?
    - Mas é claro que está! Creio que o senhor deveria estudar a História
    Universal. Veria que a Revolução Francesa, ocorrida há mais de 100 anos,
    mostrou a miopia da religião. Somente pessoas sem cultura ainda crêem que
    Deus tenha criado o mundo em seis dias. O senhor deveria conhecer um pouco
    mais sobre o que os nossos cientistas pensam e dizem sobre tudo isso.
    - É mesmo? E o que pensam e dizem os nossos cientistas sobre a Bíblia?
    - Bem, respondeu o universitário, como vou descer na próxima estação,
    falta-me tempo agora, mas deixe o seu cartão que eu lhe enviarei o material
    pelo correio com a máxima urgência.
    O velho então, cuidadosamente, abriu o bolso interno do paletó e

    deu o seu cartão ao universitário.
    Quando o jovem leu o que estava escrito, saiu cabisbaixo

    sentindo-se pior que uma ameba.

    No cartão estava escrito:

    *Professor Doutor Louis Pasteur*,
    Diretor Geral do Instituto de Pesquisas Científicas da

    Universidade Nacional da França.


    'Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima'.

    Louis Pasteur.


    (Cartão de visitas - Fato verdadeiro, integrante da biografia, ocorrido em 1892)

    ResponderExcluir
  64. NEGO BONO (Não sei não viu, mas isto está me cheirando a GRESDER SIL, aquele invejoso de uma figa!!)

    A diferença entre eu e os pastores que enganam o povo com suas mentiras é justamente isto, eles enganam para ganhar dinheiro, eu tento falar a “verdade” segundo a voz da minha consciencia.

    Eu quero de fato chamar a atenção de todos, mas para um próposito maior, o da reflexão.
    Quero causar impacto na sociedade evangelica hodierna, quero provocar debates, para que de alguma forma as pessoas venham repensar os dogmas enlatados e petrificados da religiosidade evangelica.

    Qual texto meu te fez aceitar a Jesus?
    Pois os meus textos são geralmente muito acidos e indigestos para o pensamento do sensom comum evangelico. Então me diga qual?

    De fato concordo com você, ninguém sabe realmente quem é Deus, nem mesmo se Ele existe, mas assim o cremos. Mas o como crer e de que maneira se crer é de pessoa para pessoa, de consciencia para consciencia.

    Da mesma forma eu digo para você – se é que você é você e não o espertinho do Gresder! – se você aceitou a jesus por minha causa, otimo, fico feliz, mas agora esta na hora de você caminhar sozinho, seguir os seus proprios caminhos, você não precisa concordar com tudo que eu falo – e nem quero, se não você viraria um mero fantoche, e isto eu não quero!!!

    Eu não acredito por me sentir melhor, ou por ser egoista, mas por simplesmente crer no grande mistério!!
    Acredito que a a crença da não exitencia de Deus é muito mais absurdo do que propriamente a sua crença.

    Concordo para resumir a historia que você contou, que de fato o conhecimento de Deus nos remete a Ele, pois não é assim que diz o profeta Oseias?:
    “Conheçamos e prossigamos em conhecer a Deus”!!!

    Agora que tal falarmos do assunto proposto da tematica da postagem?
    Queria saber a sua opinião????
    Já que estou errado por pensar assim, qual é o seu pensamento sobre o sexo???

    Aguardando respostas................

    Abraços

    ResponderExcluir
  65. Marcio.
    Realmente o seu artigo tem muito a ver com o meu pensamento tanto que creio não ter nada que venha adicionar o seu belo texto.
    O que poderia acrescentar é que a cultura nossa evangélica, tem como genese a judaica! Acontece porém que o modelo familiar era que aos 13 anos na cerimonia do Bar mitzva o menino já entrava para o tempo de ser considerado adulto e se preparar para a união sexual.

    Isso percorreu em nossa história até o evento do modernismo que segundo alguns estudiosos teve inicio na revolução francesa, a partir de então muda-se o conceito de familia, pois agora entra o tão famoso "futuro", os filhos agora tinha que se preparar para esse bendido futuro, e precisavam se formar, ser doutor ou "bem sucedido" para então contrair matrimonio, aumentando assim o tempo da idade para o casamento.

    Da mesma forma o sexo feminino com a industrialização e o modernismo a mulher ganha espaço e também agora com a seus direitos, começa a deixar o padrão da idade média e ganha espaço na sociedade, o que também vai interferir na idade para o casamento.

    Ou seja se nos tempos biblicos a idade para ser considerado adulto era de 13 anos, na modernidade foi para os 18 anos, e a mulher também passou a não ser criada nos moldes de ser preparada para o casamento, e sim alcançar a sua estabilidade na sociedade.

    Hoje os jovens não querem casar com menos de 25 anos, e as moças na sua maioria já ultrapassam os 23- 25 anos sem se casar.

    Agora amigo esqueceram de aumentar também o tempo da libido, da puberdade que continuou a se manifestar nos mesmos 13 anos tanto dos homens quanto das mulheres, porém, digo diminuiu o tempo da puberdade devido ao grande exesso de nudez explicito na midia que ajuda a criar os fluidos que antecipam o tempo da puberdade!

    Ou seja o seu artigo é uma expressão de quanto a cultura cristão está cristalizada, acham que casamento é ir a um cartório e assinar papéis, quando na realidade casamento é a união sexual, digo sem medo de errar que não são poucos os jovens que não legitimaram seu casamento nos papéis, mas há muito tempo já estão casados pois mantém relações sexuais com o seu (a) namorado (a).

    Quanto a esse comentário:

    "Se Deus for assim, deve-ser então um grande "estraga prazeres" mesmo, pois proibir aquilo que Ele mesmo colocou em nós, só pode ser por pura maldade".

    Me lembrei do filme "O ADVOGADO DO DIABO"! hahahaahahhaha.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  66. Saudações a todos os confraternos! Estive fora por um breve momento, mas resolvi aparecer para dar uma olhada em como andam as coisas por aqui, e vejam só o que encontro! Estão acabando com a credibilidade do “OUTROEVANGELHO”. Sala esta que aprendi a admirar, pelo conteúdo de suas mensagens. Mas vamos ao que me trouxe aqui:

    Li tanto o artigo, quanto aos comentários, e fiquei perplexo com a quantidade de palavras chulas usadas por pessoas que se consideram dignos de escrever algo para alguém ler. Observei também confissões de um adolescente (Esdras Gregório) e lamentações de um revoltado (Gabriel Nagib) exortações de um inútil (Edson Moura) e considerações de um marinheiro (Eduardo Medeiros). Pois bem, quero deixar também minha opinião!

    O texto é magnífico, tem tudo a ver com o perfil deste pequeno blog, mas talvez meu Caro Marcio, você, assim como os demais, tenha se esquecido que muitos são os transeuntes desta sala, que só lêem, mas não comentam. (eu sou um deles)

    Faço-lhes....A TODOS...uma pergunta:

    Vocês teriam coragem de falar nesses termos em que vêm falando, nas salas de suas casas?
    Vocês já deixaram que suas esposas, mães, irmãs, pastores, lhes ouvissem falando desta maneira, de um tema tão “sugestivo”? E mais, quantos de vocês pedem a opinião de suas mulheres para escrever comentários tão infames?

    Desafio cada um de vocês, a ler todos os comentários em voz alta para sua família em torno da mesa de jantar!
    Se conseguirem fazer isso, estará provado que aqui não existem “falsos moralistas”, mas do contrário, estarei certo de que é necessário um pouco de moralismo (ou bom senso), em alguns assuntos.

    Se mesmo depois deste teste proposto, os Caros irmãos ainda continuarem a falar de forma vulgar, constatarei que neste espaço, temos de tudo, menos ÉTICA. A língua portuguesa é riquíssima em sinônimos, é só procurar alguns que se encaixem na frase que desejam escrever.

    Quanto ao assunto “Masturbação”, que os jovens, adultos e sobretudo os casados, fiquem atentos aos atos muitas vezes repetidos que se tornam hábitos, que muitas vezes praticado se tornam vícios, que muitas vezes praticado..moldam sua personalidade.

    São impulsos fisiológicos que devem ser sim, controlados, pois a mente humana se deixa levar por pensamentos que acabam lhes acarretando sérios problemas psicológicos. Agora outro teste:

    Tentem imaginar suas mulheres masturbando-se, pensando em outro homem. Como vocês se sentem?
    Como ela se sente, quando nós homens fazemos isso?
    A traição tem início na consciência... portanto, não se enganem! Não façam aos outros aquilo que não querem que lhes façam.

    “O maior governante é aquele que primeiramente governa a si mesmo”

    Obrigado
    Noreda Somu Tossan

    ResponderExcluir
  67. J. Lima

    Demorou mas enfim comentou, pensei que, como o assunto é demasiadamente quente, você iria ficar de fora, mas me enganei!!!

    Perfeito o seu comentário, para mim, foi um dos melhores, com muita qualidade e informação, venho complementar o meu simples, porém relevante texto, pois no fundo muitos pensam assim, mas são pouquíssimos, os que possuem coragem de vir a publicar e publicar um texto com o assunto.

    Gostei também de uma frase do Levi, o qual tive novamente a grande honra de conversar com ele via telefone, o mesmo me disse: “Você é muito ousado, pois você quer quebrar um tabu que já perdura por séculos, em 1 semana de postagem”.

    Confesso que era exatamente essa minha idéia, embora reconheça que seja utópica, mas no fundo mesmo, se ela causar – como esta causando – debates, nos levando a repensar esses dogmas, já valeu a pena!!!!

    Dentre muitas coisas relevantes que você mencionou em seu comentário, destaco alguns pontos:

    1-A cultura evangélica esta embasado na cultura judaica!
    2-A diferença da mulher judia dos tempos bíblicos para o tempo da pós-modernidade.

    Estava esperando alguém usar a bíblia para combater as minhas idéias, mas como até agora ninguém apareceu.... A bíblia é irrelevante para dizer o que devemos ou não fazer, visto ser ela escrita em um tempo, cultura e sociedade distinta da nossa.

    3-O libido continua a florescer na época da puberdade, mas com a, influencia midiática e principalmente através da internet, os adolescentes estão entrando no processo da sexualidade muito mais rápido.

    4-Sexo como a maior expressão e ligação do “casamento”.

    Agora bem lembrando essa sua piadinha do advogado do diabo, apesar de que, o meu texto possa parecer que eu sou ateu e que estou desdenhando de Deus, e, enaltecendo o diabo, e justamente o contrario, pois cada dia mais eu me convenço que, a igreja evangélica tem pintando um deus, que não é o Deus além de deus, pois é um deus ídolo, tirano, castrado do prazer humano, e contrario a vida!!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  68. Márcio antes de mais nada nao sou eu esse Nego bono, e acho que a gente tem que parar com isso, eu já confessei as minha personalidades, e tem mais a gente fica discutindo um com o, outro sem imaginar que os de fora não vão entender que é brincadeira, então vamos pegar leve. eu quase apaguei seu ultimo comentario lá no meu blog, voce esta me asustando rsrs

    E pode crer que o Nureda nao é Um de nos pois ele me parece estar falando serio, coisas que nao tem a ver com quem pensa fora da gaiola.

    ResponderExcluir
  69. Nureda somu

    É um prazer ter-lho por aqui, embora os motivos que o trouxeram não sejam os melhores!!
    Confesso que eu ainda estou digerindo essa sua pesada critica, mas todos nós, os confraternos, estamos acostumados com comida pesada, queremos dialogar, procurando não ofender.

    Pensem no que disse, e sinceramente, acredito que o bom senso do qual falaste é o melhor caminho – claro, sem cair em falso moralismo.
    Acho que tanto o legalismo quanto a libertinagem são extremos prejudiciais as nossas vidas e relacionamentos.

    Temos que caminhar nesta linha tênue entre esses dois pólos, e procurar ter um equilíbrio.
    Ainda entendo que, a minha proposta inicial é boa e relevante, pois eu queria – como acho que eu consegui – abrir um tema imexível e petrificado pelos evangélicos.

    Mas acho que alguns comentários foram feitos no calor da discussão, indo ao extremo da libertinagem, mas até ai, acho que deve ser uma questão de consciência de cada um.

    Então vou falar de mim – e deixar que os outros falem deles – acho que em determinados momentos eu me excedi em alguns comentários, mas a parti de agora, vou tentar tratar do assunto com mais seriedade e responsabilidade.

    Entendo a proposta literária que está fazendo a nós, isto poderia se chamar de eufemismo.

    Obrigado pela sua relevante participação, e fique por aqui, comentando mais vezes!!!!

    ResponderExcluir
  70. GRESDER SIL

    Pela primeira vez eu lhe peço desculpas publicamente pela minha implicância contigo – mais é claro que eu vou continuar, mas vou pegar mais leve e tentar fazer o menos possivel, tendo a zuera como esporádica, se não, não vai ter a menor graça.

    Mas que fique bem claro as pessoas que estão de fora, e podem pensar – pois eu pensaria – que estamos brigando, que odiamos um ao outro, somos muito amigos de verdade.

    Abraços e desculpe pelo meu comentário em sua sala, se quiser apagar pode apagar, que eu vou entender.

    ResponderExcluir
  71. A maior virtude de um homem é reconhecer quando passa dos limites e o faz a tempo de voltar atraz.

    Reconheço que todos nós sem excessão nos empolgamos e baixamos o nivel do assunto, de tamanha relevância.

    Creio que o objetivo maior do texto é fazer cair os tabus do falço moralismo religioso e percebo que o Mestre Levi, sempre com sua sabedoria manteve o bom nivel da conversa virtual e conseguiu derrubar algun mitos, revelando a sua intimidade infanto-juvenil.

    Amigos pensadores, vamos sempre trazer a tona estes assuntos relevantes que a religião tenta mistificar e enterrar, sempre mantendo um bom nivel, mais não vamos exigir de nós um falso padrão moral, pois se não temo que este veiculo (blog) se torne mais uma religião.

    Abraços á todos.

    ResponderExcluir
  72. Caro Márcio


    Você falou comigo pelo telefone ontem de uma forma rapidíssima, mas eu consequi entender 70 por cento da sua conversa. Na ocasião abordei que não devíamos ir com tanta sede ao pote - sobre esse tema Tabu (devagar como quem caminha descalço em meio a espinhos e pedras), adiantando-lhe que escreveria algo para apaziguar os desejos carnais acirrados(rsrsrsrs)

    De qualquer maneira, o tema dos "desejos trangressores" continua sendo analisado pela confraria(C.F.G), do ponto de vista psíquico e religioso, lá no "Ensaios & Prosas".

    Aguardo sua visita e sua opinião humorada e poética sobre o tema, o qual, tem ligação íntima com o que você postou recentemente.

    Até lá,

    Levi B. Santos

    ResponderExcluir
  73. Olha euzinha aqui! :)

    E já que sentiram falta de uma presença feminina, eu não sou a Shakira, mas estoy aquí :P Mais uma vez rompendo paradigmas.
    (Vixi... fui falar logo na Shakira, aquela gostosa rs bom, mas eu sou hetero :P)

    Falando sério:
    Pra ser sincera eu li e reli o texto e não vi nada de errado no tema dissertado pelo Márcio. Eu, particularmente abordaria de outra forma talvez mais didática, mas cada um tem seu estilo, ué!

    O que eu acho é que, em alguns comentários, houve uma espécie de exacerbação dos sentidos como se, voltando um pokito no tempo, os hormônios aflorascem... e aí "riquezas" literárias completamente desnecessárias foram usadas e abusadas, mas nada que me assuste ou me escandalize, talvez por ter o hábito de usar de verdadeiro tratamento de choque, "dando nome aos bois" trazendo temas considerados constrangedores a um nível de debate sem qualquer ranço de deslumbramento e muito pelo contrário: de forma espontânea.

    Tenho o maior prazer de dizer que contribuí ( e contribuo!) para essa quebra de tabu sem nenhum apelo a extremos ou expressões chulas, conseguindo inclusive levar alunos - com seus hormônios da puberbade e adolescência "expostos" - a parar um pouco e procurar pensar com a mente (risos)
    E olha que, como professora - e sempre com esse propósito - eu comecei quase da idade deles! Ou seja, sem muita maturidade, mas disposta a ajudá-los a tratar do assunto sem questionar exatamente os extremos proibição/permissividade e visando tão-somente estabelecer um equilíbrio entre tais extremos sem qualquer moralismo e sim com a informação e o conhecimento que buscam neutralizar a expressão apelativa .

    Então, como eu não me escandalizo com absolutamente nada na minha vida tratando TUDO com a maior naturalidade - INCLUSIVE SEXO, resolvi me pronunciar, já que tenho esse estilo peculiar de conviver na boa com todo tipo de questionamento quebrando tabus, mitos e crendices em todos os assuntos que me surgem ao longo da vida. Quem lê meu blog capta essas fortes características.

    Sem falsa modéstia, ainda bem jovem e como simples professora de escolas pelo interior afora mas com um estilo arrojado e inovador em época sem internet e sem essa overdose midiática, não foram poucas as vezes em que fui convocada para fazer palestras sobre saúde, DST, camisinha e outros assuntos afins. E isso, não por ser a tamporosa (eu até era he he he) mas por dispor de equipamentos que não havia nas escolas e então eu fazia questão de utilizá-los de forma didática para levar a informação aos alunos de modo correto visando inclusive uma mudança de mentalidade. Essa era a idéia! Enfim, juro que falo tudo isso sem qualquer vaidade, até porque o que fiz não foi mais que obrigação e bem que poderia ter feito bem mais, inclusive nunca ter largado uma profissão pela qual eu sempre fui apaixonada (Mas isso é outro papo rss)

    ResponderExcluir
  74. POR OUTRO LADO, como já tive oportunidade de falar outras vezes, não me sinto à vontade em me pronunciar quando as pessoas tratam qualquer assunto que seja de forma grosseira, agressiva e vulgar. Daí a demora he he he
    Sério, deve ser um defeito, sei lá, mas tenho esse BLOQUEIO. Esse é o termo, pois trata-se de um bloqueio de raciocínio, não sai nada da cachola rsss; e depois eu penso que se pode perfeitamente abordar qualquer questão, falar sobre sexo, práticas sexuais, órgãos específicos, enfim... sem que seja preciso apelar para o grotesco, entende?

    Não sou nem um pouco moralista mas isso não exclui algo chamado ELEGÂNCIA. Por isso eu resisti um pouco a vir aqui escrever, mesmo depois de ter lido tudo. E o que me trouxe foi justamente o fato de já terem acalmado os hormônios, digo, os ânimos rss

    Encerrando, peço desculpas se fui repetitiva e gostaria de parafrasear o sábio Nureda ao fazer um apelo no sentido de, AQUI, buscarmos sempre usar expressões que usaríamos em qualquer ambiente onde estivessem nossos entes mais queridos, não como mecanismo repressor, mas com coerência e bom senso. Não sou contra o uso EVENTUAL de uma palavra chula, sou contra o excesso, seja do que for. Não sou contra o palavrão, por exemplo; sou contra o uso do mesmo em detrimento de outras expressões do nosso tão rico idioma rss Tem até um texto meio instigante nesse sentido no meu blog com o título "Palavrão não tão vão".

    Desculpem se passou um "tom prefessoral" não era a intenção, mas é como vejo e sou.

    Meu carinho,
    R.

    ResponderExcluir
  75. ops! onde se lê "prefessoral", leia-se PROfessoral :)

    Abs...
    R.

    ResponderExcluir
  76. Como o Eduardo está com problemas em seu computador, ele esta acessando da lan House, mas lá, os comentários do blog não querem abrir, e, por isso ele me mandou por e-mail o seu comentário.

    Comentário resposta do Eduardo Medeiros para o Nureda:


    Márcio, põe lá no blog esse meu comentário para o noreda:


    Noreda, você está se monstrando um moralista. Ou não? ou o seu problema é a forma não muito acadêmica como estamos tratando o assunto? Você discorda que podemos usar linguagens diferentes em meios diferentes?

    Eu falo muitas vezes assim mesmo, vulgarmente com alguns amigos. Aqui, na confraria, somos amigos e não temos melindres moralistas. De certo, isto aqui é público e qualquer um pode ler. Se minha mãe lesse alguns comentários aqui ela iria dizer que somos um bando de depravados (se ela é claro, não estive doente como está).

    Mas isso é verdade? somos um bando de depravados inconsequentes? evidente que não(excluindo por certo, o Gresder, heee): Sou marido de uma mulher, não tenho, e nunca vou ter uma amante (no dia que eu tiver é porque eu perdi o respeito e o amor por ela), mas minha esposa não ficaria chocada se eu falasse um palavrão na frente dela (como às vezes eu falo), mas evidentemente, sendo ela mais "certinha" do que eu, ela me pede para eu não falar, e aí, eu não falo. Não por ser um moralista, mas porque não quero criar situações desagradáveis para ela.

    Então, o problema seria nos olhos moralistas de quem estivesse lendo.

    Então, a linguagem que eu uso quando estou falando com um pastor que eu sei ser moralmente rígido, é a mais polida que eu possa ser possível de usar; com amigos desencanados, livres e não melindrosos, eu sou livre para escorregar nas palavras. Fiz-me tolo para os tolos e sábio para com os sábios...se o teu irmão não come carne, não coma carne na frente dele somente para afrontá-lo...

    Mas eu acho que você só viu problemas com as brincadeiras que fizemos, pois talvez você se encaixe no exemplo que eu dei do pastor rígido moralmente, mas você não pode discordar que o assunto é extremamente relevante para a juventude cristã atual.

    E a melhor forma de alcançarmos essa garotada que aí está não é com academicismo, mas com a linguagem crua que eles usam na rua. Talvez por isso nossa teologia seja a teologia da rua!!

    Mesmo assim, Noreda, valeu pela observação. Um abraço.

    ResponderExcluir
  77. Amiga Regina

    É uma pena mesmo que apareceste somente no final deste expressivo e relevante debate sobre a sexualidade evangélica.

    Ainda bem que reconhecemos, sem haver problemas, as nossas pequenas diferenças/estilos escrituristicos, mas o que importa mesmo é o conteúdo, e, nisto tanto eu como você estamos de acordo – pelo menos, esta foram as suas palavras, muito embora você não tenha abordando a temática, mas sim os comentários.

    (Se possível, e se não for pedir demais, eu gostaria que você viesse descrever sobre a temática também, contribuindo para o enriquecimento desta postagem, pois não importa que eu vá colocar outra, pois sempre permanecerão os seus comentários, e se forem relevantes – como eu acredito que sejam – você estará ajudando outras pessoas que futuramente estarão lendo esta postagem e seus respectivos comentários!)

    Abraços e aguardo o seu retorno, agradecendo desde já, a sua presença dando coloração e florindo á este espaço.

    ResponderExcluir
  78. Então, Márcio.

    Eu falei que concordo com o conteúdo - embora se for pra escolher, o que não é o caso (ufa!) eu prefira o céu!
    E também que se fosse escrever a respeito certamente o faria com outra abordagem. Primeiro porque sou mulher, tenho outro estilo literário e principalmente por ser extremamente romântica e nesse meu romantismo irremediável está inevitavelmente incluído um pacote onde a dinâmica do sexo tem como ingredientes um forte laço afetivo, overdose de poesia e excesso de imaginação rss. Daí nesse kit não caber qualquer regra religiosa vez que a universalidade do AMOR está acima de todas as proibições religiosas.

    A questão, como eu tentei expressar no comentário acima, é que a gente quer ser irreverente em tudo e esquece que a linguagem oral (escrita, viu, maldoso rss) é ilustrada de uma forma e a escrita de outra, por mais que usemos termo coloquial nesta última. Na falada, nós usamos expressão corporal que auxilia e enriquece a comunicação; na linguagem escrita, ilustramos nossas idéias com um sem-número de vocábulos desse incrível idioma que é a língua portuguesa em sua bipolaridade de "última flor do Lácio, inculta e bela".

    Por outro lado, voltando ao texto em si, não vou dizer que não assisto diariamente pessoas sendo reprimidas sexualmente (principalmente garotas que se criam em meio legalista), o que é algo extremamente nocivo pois além de as induzir perigosamente à dissimulação, à hipocrisia, às máscaras, enche seus corações confusos de sentimentos mesclados de culpa e cinismo. É uma DESeducação religiosa com o aval dos próprios pais que, paradoxalmente, querem ver a filha feliz e realizada... Enfim, se partirmos dessa premissa o assunto se amplia e vem à tona uma série de fatores que levam o jovem a "explodir".

    Como disse o Steve do Aerosmith um dia desabafando sobre a repressão familiar na adolescência: "toda repressão um dia explode".

    E explode de maneira desalinhada, mal direcionada e sem critérios posto que se pulou etapas para a tal liberdade tão sonhada. Pois como ele mesmo disse na mesma entrevista ao ser arquido sobre onde enfiou tanta grana que ganhou: "No meu nariz".

    Enfim, fica a reflexão.

    Meu carinho,
    R.

    ResponderExcluir
  79. OPS!!! Correção: linguagem oral (FALADA, viu, maldoso rss)

    ResponderExcluir
  80. Vixi, que danado foi isso que eu cheirei? rs

    Onde se lê "arquido" leia-se "arguido" (questionado , interrogado, sem o trema rss)

    Afff assim "direto" sem correção ortográfica num dá, né? rss

    Beijos,

    R.

    ResponderExcluir
  81. Judas versiculo 4

    Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo.

    Judas versiculo 8

    E, contudo, também estes, semelhantemente adormecidos, contaminam a sua carne, e rejeitam a dominação, e vituperam as dignidades.

    II Tessalonicenses 2:1

    porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.

    2 Timoteo 2 3;4

    ResponderExcluir
  82. Olá de novo! Marcio, Eduardo, Gresder e demais membros dessa confraria rsrs, sou mesmo um desatento! Ando muito ocupado, voltei à faculdade (tomei vergonha na cara, e agora terminarei meu curso), e descobri de novo o que é acordar cedo e dormir tardíssimo. Acabou-se o tempo para blogs e leituras mais profundas rsrs.

    Dou minhas escapadas e leio por aqui de vez em quando, mesmo assim!

    Sobre o texto, eu acho interessante uma coisa: Jesus não falou muito sobre isso.

    Sexo não foi um problema lá muito grande para ele. Ele bateu uma vez ou outra na tecla do adultério, mas não disse nada que justificasse a ascensão do moralismo "cristão".

    Ele inclusive era o único capaz de olhar para uma prostituta e sentir compaixão! Um moralista "cristão" hoje em dia olha para jovens com vida sexual ativa com desprezo. Jesus olhava com carinho.

    Daí vem um cabra, muito sábio, mas com um passado bem fundamentalista, e escreve sobre suas percepções sobre o sexo. Ele dá conselhos bons, sensatos, mas que mais tarde se tornam a base do moralismo. Pode ver, quem quer falar de sexo cita ele, sempre.

    Algo que um amigo meu me fez perceber essa semana, foi que Jesus quando falou do joio e do trigo, falava de sua mensagem. A sua mensagem seria plantada, mas junto dela seria plantado também o joio. E isto ocorreu logo após sua morte. Lá no início, pequenas sementes de joio foram plantadas, pequenos desvios da mensagem de Jesus, e pelos próprios apóstolos!

    Um exemplo é quando há um concílio lá em Atos, e no final a decisão é que se recomende aos gentios que evitem de beber sangue, para não ofender aos judeus recém convertidos. Ora, o hobby de Jesus era escandalizar judeu! Que história era essa agora de "política da boa-vizinhança"? Este foi um dos primeiros joios, uma semente de dúvida.

    Ou ainda, quando Paulo dá suas orientações sobre o papel das mulheres na igreja, proibindo-as praticamente de qualquer particpação ativa. Ora, de onde Paulo tirou tais ensinos, senão de seu próprio preconceito e medo da sociedade? Não era simplesmente uma média que ele fazia? Enquanto Jesus dava a mão para uma prostituta, e entrava sozinho na casa de mulheres, Paulo reconstruia o muro de separação.

    Daí a gente chega no tema da sexualidade. Ora, o quê Jesus falou sobre sexo? Quantos jovens foram orientados por Jesus a não se masturbarem? Ou naquela época não havia esse "problema" na sociedade?

    Quando foi mesmo que Jesus insititui a "oração do apaga-fogo", que 100% dos adolescentes de igreja são ensinados a fazer? E quando foi que Jesus falou que era melhor sair se casando com qualquer uma, antes de "cair em tentação"?

    Ora, como condenar algo que dá origem à vida?

    Lógico que um moralista lê o quê eu escrevi, o o que você escreveu, é já vai pensando: É, então quer dizer que posso sair por aí transando com quem eu quiser?

    Bem, daí eu respondo com o quê aprendi de Jesus: O quê você plantar, semeará. Vai plantar esperma, colherá filhos, talvez dst's, e principalmente corações partidos. E daí, arque com as consequências.

    ResponderExcluir
  83. JOAO OBADIAS, deseja aos amados SHALON ADONAI!. SEXO & SEXUALIDADE, não são coisas misteriosas, mas como tem padres católicos e alguns pastores evangélicos, falando e inventando sem ter autoridade. em vz de ajudar levantam uma cortina que não tem cobertura bíblica sobre os dois temas humanos.Será que estão pregando um sexo descartável?, será que estão falando de algum ser humano "assexuado". correntes de evangélicos não entendem o "CRESCEI E MULTIPLICAI-VOIS" E começam a criar situações. O sexo é privado, se trabalham no coletivo então é bestialidade humana. Entre os animais sexo aparece no estado do "cio", na espécie humana, é um estado biológico de excitção genitália que pode descambar ou para o coito ou para a masturbação. É evidente que as leis humans controlam essa liberdade de fazer sexo sem responsabilidade, mas é o que estamos vendo. Eu sou professor de educação sexual do MEC, e nunca vi tantos absurdos e desvios ligados ao sexo. Era bom simplesmente se conserve "virgem", até o momento em que se possa casar, ou se ajuntar, e não ficar tendo orgasmos manuais. Não vamos aqui fazer alvaliações ou projeções dentro do conceito de "sexo seguro", eis a maior enrrolada da medicina. SEXO SEGURO SÓ COM CAMISINHA, já viu isso na bíblia? então vamos afirmar com todas as letras, não teve uma invenção mais bem feita que a do Criador quando fez a criação do homem e da mulher. É esse é um tema de muitas polêmicas e eu gosto, sempre quando começam a pregar sobre a sexualidade e o sexo, tenho muitos orgarmos artificiais, seria D ++++++. espere aí vou transar, etc. é melhor fazer um COITO, tem substituivos? ah. o sexo continuará entre as raízes das pernas nos humanos, se querem transferir a genitália, são outras inspirações diabóloca. JESUS SEXUAL, existe?


    Meus amados, tudo que for possível para alargar os horizontes da espiritualidade tem o meu apoio irrestrito. Pode sim, a nossa missão é desmistificar sem perder o real sentido do sexo e da sexualidade. Mão quero fazer feito os padres católicos que deturparam e depois perderam o foco, eu fui seminarista católico durante 10 anos e nada aprendi. Agora tenho essa oportunidade de levantar uma discussão clássica sem me envolver com teorias de tabus. O sexo é real, atual e sempre vivol para todos os seres humanos. ALELUIA. MAANATHA. NELE EU SOU.

    JOAO OBADIAS

    ResponderExcluir
  84. Amiga Regina

    Se de fato existir um céu, até eu que sou o mais bobo (risos) também preferiria ir para lá, do que ir para o inferno. Apenas fui sarcástico. Rsrsrsrs

    Eu sei que você esta se referindo à linguagem oral, mas se fosse outra coisa..........bem, melhor deixar pra lá. Rsrsrsrs

    Vejo que você foi a o âmago desta postagem, pois de fato, a repressão pode causar – e geralmente causa – um efeito colateral terrível. Levantei a questão, por saber e ver que a igreja de uma maneira geral, esta em falta quando o assunto é sexo. Prefere logo a repressão, do que a educação sexual, a proibição ao dialogo.
    Mas não percebem que, uma hora ou outra, o jovem irá – como bem disse você – explodir.

    Passei ao mesmo tempo em que acompanhei de perto, muitos jovens, depois de ficarem tanto tempo na igreja se reprimindo, quando sai, faziam muita besteira, indo ao extremo, chegando até o ponto de se prejudicarem.

    O equilíbrio sempre é o melhor caminho!

    Abraços

    ResponderExcluir
  85. Irmão em Cristo Martinho Lutero

    Melhor você trocar de nome, pois você não percebe que esta envergonhando o nome do Lutero?
    Vir aqui e ficar citando a bíblia para mim – não precisa não, pois eu tenho 3 aqui em casa, e já li incontáveis vezes ela toda, portanto, não precisa citar a bíblia para mim – você não tem opiniões próprias para dar?

    Ou você se contenta apenas em memorizar e ficar recitando a bíblia, como se isto fosse demonstração de conhecimento?

    Sinceramente eu esperava mais de você..........
    Porque não abordar o tema supracitado que é tão relevante para igreja, ao invés de ficar citanda a bíblia?
    Não percebes que a nossa cultura, época e sociedade mudaram radicalmente, e, é totalmente diferente do contexto histórico quando a bíblia foi escrita?

    É uma pena, pois eu gostaria de ouvir (ler) uma opinião de um outro ponto de vista, mas os conservadores que aqui entraram e comentaram, se não me mandaram para o inferno, ficaram citando a bíblia, sem pelo menos dizer alguma coisa relevante!!!!!

    Abraços e dá próxima vez, vê se dá uma opinião!!!!

    ResponderExcluir
  86. Gabriel Nagib (Bill para os mais chegados. Rsrsrsrs)

    Por que “demais membros dessa confraria”?
    O correto é “da nossa confraria”, pois você faz parte mano – tudo bem que o Nureda esquece de você, mas também, você é que nem nota de 100 reais, é raro de ser encontrado. Rsrsrsrsr (Vê se participa mais mano, suas opiniões são importantes!!!!)

    Pode deixar que todos nós compreendemos a sua dificuldade, pois estudar e ainda trabalhar (você trabalhar? De que?) não é fácil mesmo.

    Obrigado pela sua consideração para conosco, me sinto honrado por saber que de vez enquanto, você dá uma passadinha por aqui, nem que seja somente para ler as nossas postagens.

    Bem lembrando, Jesus não falava muito sobre esses temas da sexualidade, talvez por sua cultura e época ser totalmente diferente da nossa, daí não precisarmos usar a bíblia para tratar do assunto.

    Mas fica uma pergunta no ar, meu amigo Bill:
    Jesus nos evangelhos vai dizer, ou vai dar o seu aval para o divorcio e novo casamento em caso de adultério, mas em relação à violência física, será que não pode se separar e casar outra vez?
    Não seria a violência física tão errada como o adultério?
    Ou talvez pior?

    É verdade, e, principalmente que os moralistas cristãos esquecem aquela frase tão espetacular e reflexiva de Jesus que as prostitutas iriam entrar primeiro no reino do céu, até antes mesmo que os religiosos – até porque, para quem faz uma leitura atenta dos evangelhos, Jesus não criticava as prostitutas e pecadores, mas antes os religiosos e suas hipocrisias!!!

    O mal dos evangélicos é que dão muito maior importância para Paulo do que para Jesus, sendo que o nome correto da religião, não deveria se cristianismo, mas antes; “Paulinismo”.

    É Bill, corremos este risco ao lermos os evangelhos e as cartas dos Apóstolos, de serem as mesmas corrompidas.
    Mas quem garante?
    Não dá para ter certeza e afirmar nada, mas dá para continuarmos crendo, e o mais importante, vivendo conforme a nossa consciência!!!!

    O pior Bill é que tem muitos jovens que são imaturos, sendo “obrigados” a casar tão cedo, somente para terem o prazer do sexo, mas isto traz implicações profundas, pois os jovens acabam se casando somente pelo sexo, mas casamento não se faz somente com sexo, mas com muitos e preciosos “ingredientes”.

    Resultando: separações precoces, infelicidade no matrimonio, falta de estrutura, infidelidade conjugal e muitas outras implicações!!!

    O melhor sexo – independente de si estar casado – é com muito prazer, amor, respeito e acima de tudo, responsabilidade!!!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  87. João Obadias

    Desde já lhe agradeço a sua contribuição, já convidando para outras futuras participações.

    Esse é o nosso foco, a desmistificação de muitos tabus e dogmas evangélicos que estão petrificados e se tornaram irrelevantes para a nossa sociedade hodierna.

    Obrigado e seja sempre bem vindo!!!

    ResponderExcluir
  88. Ao Eduardo Medeiros e demais defensores do sexo livre

    Meu caro, me mostre NA PALAVRA que tudo o que estão falando tem base NELA, daí retiro tudo o que escrevi e vou escrever em seguida. Quero deixar claro que não estou aqui para mandar ninguém pro inferno, quem sou eu, nem Deus manda , você vai porque quer, e de preferência vá só, não convide ninguém para ir contigo. Concordo com o Noreda, aqui é muito fácil expressar suas opiniões sem medo de que sua esposa , sua filha, seu filho, possam ler. E por falar nisso, vocês que defendem toda esta estrutura de sexo livre e sem fronteiras, onde acreditam que Deus é um Deus que não castra e nem aprisiona ninguém(DEUS É SANTO), simplesmente para arranjar desculpas para fazer o que bem querem e entendem na teoria de que entre quatro paredes pode tudo, então pode o homossexualismo. a bestialidade e outros?
    Alguém falou aí que a nossa boca tem mais bactérias que o anus, então o amado come fezes?
    Palavra, memostrem nela tudo o que estão defendendo e me calo.

    Continuo dizendo que este evangelho eu não conheço e nem creio.

    ResponderExcluir
  89. Não falei Marcio? Apareceu um. Vou repetir aqui o texto que ele provavelmente não leu:

    "Lógico que um moralista lê o quê eu escrevi, o o que você escreveu, é já vai pensando: É, então quer dizer que posso sair por aí transando com quem eu quiser?

    Bem, daí eu respondo com o quê aprendi de Jesus: O quê você plantar, semeará. Vai plantar esperma, colherá filhos, talvez dst's, e principalmente corações partidos. E daí, arque com as consequências."

    ResponderExcluir
  90. Gabriel Nagib (Bill)

    Até que tá pouco Bill, pelo grau de polemica e proibição da temática sexualidade, eu pensei que iria “chover” de conservadores criticando as nossas posições “heréticas”.

    Acho que muito leram, mas não tiveram coragem para comentar.

    Abraços Bill, e estou contente por vê-lo por aqui, participando tanto!!!!

    ResponderExcluir
  91. Coloca uma propaganda lá no site do Julio Severo, vai chover gente aqui.

    ResponderExcluir
  92. Caro amigo Proclamador

    Parabenizo-lhe por sua coragem em comentar, pois como bem disse ao comentário ao Bill, que há muitos conservadores que acompanham e lêem nossas postagens, mas não tem coragem para se manifestarem.

    E seja sempre bem vindo para (até mesmo) discordar de nossas idéias, nossa proposta aqui é a reflexão, e uma das melhores maneiras para se criar a reflexão é o debate!!!

    Você ainda esta nesta? A de idolatrar a palavra? Não te critico por ser assim, pois eu também já fui assim!!!!
    Como bem disse o Bill, acho que você não leu (ou não entendeu) os nossos comentários a despeito da abordagem que a bíblia faz do sexo.

    Mas em síntese quero lhe dizer que, a bíblia é irrelevante para dizer o que devemos ou não fazer, visto ser ela escrita em um tempo, cultura e sociedade distinta da nossa.

    Por exemplo, em alguns textos da bíblia, ela apóia a escravidão devido ao seu contexto histórico, ai, eu lhe pergunto, e hoje?
    Só porque a bíblia apóia a escravatura, nós vamos fazer?
    Claro que não!!!!

    Da mesma forma é o sexo. Você sabia que no contexto em que a bíblia foi escrita (e ainda hoje em muitos países do oriente) as mulheres se casavam na adolescência, entre 11 e 13 anos? O que hoje para nós constitui um crime de pedofilia. E ainda mais, os homens no antigo testamento viviam em poligamias.

    Ou seja, cada cultura, época e sociedade fazem as suas regras e leis, portanto, estamos em pleno século 21, onde tudo mudou, onde tudo se tornou relativo, desta forma, não venha querendo citar a bíblia, e mais ainda, a sua ultrapassada conduta de moral!!!!

    Posso dizer que da bíblia o principal principio que é atemporal, permanecendo ainda hoje é o de Jesus, que sintetizou tudo no amor ao próximo e a Deus!!!!

    Portanto, se o sexo for feito onde não irá ferir o outro, ou ferir a si mesmo, com responsabilidade é valido, pois pecado é destruir a si mesmo ou, o outro!!!!

    Abraços e alias, tem uma postagem nova que eu abordo a temática do pecado, porque você não vai lá, e dá uma lida e comenta, será sempre bem vindo!!!!

    ResponderExcluir
  93. Gabriel Nagib

    A sua idéia é muito boa, mas eu confesso que não conheço este tal de Julio severo.
    Você poderia fazer esta gentileza de ir lá e fazer uma propaganda desta postagem, pois a nossa intenção é o debate reflexivo, onde respeitamos todas as opiniões.

    Mas não se esqueça de uma coisa.............você pode colocar o álcool no fogo, mas vai ter que me ajudar a apagar depois. Hahahahahahah

    Abraços mano!!!!!

    ResponderExcluir
  94. Sexo é realmente bom, só não faz quem já morreu quem já botou pra rachar aprendeu que do outro lado que lado do lado de lá. Nessa força já vi muita gente boa botar o bloco na rua, e nunca mais se levantar no amplo sentido da palavra, para sexualmente ver qual é lado do lado que é o lado de lá. Explicando a caetanada: "Uma excelente coisa tornou-se um veneno mortal para milhões de luxuriantes homens, mulheres e nem uma coisa nem outra.
    A realidade é outra, seu enredo é diferente, sua finalidade é indescritível, é uma perda de tempo o prazer sem prazer do sexo só pelo prazer de ter prazer.

    ResponderExcluir
  95. RODRIGO

    Desde já, agradeço sua participação nesta sala do pensamento.
    Seja sempre bem vindo para dar a sua opinião.

    Sua fala: Sexo é realmente bom, só não faz quem já morreu..............

    Minha resposta: É verdade, concordo contigo, só não faz quem já morreu ou quem é um grande mentiroso – a igreja evangélica esta cheia de gente mentirosa!!!!

    Sua fala: .......é uma perda de tempo o prazer sem prazer do sexo só pelo prazer de ter prazer.

    Minha resposta: Também concordo contigo, pois muitos fazem apenas pelo prazer sexual, mas sem o prazer de estar com aquela pessoal para daí sim ter o prazer sexual!!!!
    Ainda me considero um romântico, que prefiro a idéia do sexo com quem se ama, pois toda relação sexual é uma entrega onde dois corpos, duas pessoas se fundem em um só!!!!

    Agora em relação as suas outras falas, confesso que não entendi, você poderia me explicar melhor?

    Como por exemplo:

    Sua fala: aprendeu que do outro lado que lado do lado de lá.

    Minha resposta: Que lado do lado de lá é este???

    Sua fala: já vi muita gente boa botar o bloco na rua

    Minha resposta: Botar o bloco na rua, o que significa isto?

    ???????????????????????????????

    Aguardando respostas mais claras!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  96. A fala não entendida tem um significado simples, do outro lado...; botar o bloco na rua..., busca traçar um paralelo com o frevo da década de 70 do Caetano Veloso(atualmente, Caetano velhoso), demonstrando atualidade do sexo carnavalesco baiano, tipo pênis x vaginas teleguiados.

    ResponderExcluir
  97. RODRIGO

    Flevo da década de 70???
    Eu não era nem vivo ainda. rsrsrsrsrsrs
    Você tem quantos anos???
    Ai é convardia você utilizar esse linguajar por mim desconhecido. rsrrsrsrsrsrsrs

    Esta tendo uma boa discussão na minha nova postagem, você não gostaria de participar comentando lá também?
    Será um prazer ver o seu ponto de vista que é vista de um outro ponto!!!

    Abraços e volte sempre

    ResponderExcluir
  98. Não vou direcionar minha opinião a uma pessoa só e sim apenas uma idéia a mais no debate.
    Em momentos percebi uma certa comparação entre comer e transar. Acredito que comparar o prazer do sexo com um prazer em comer um doce por exemplo não seja correto. Existem coisas bizarras que podem dar prazer a uma pessoa e nem por isso elas são consideradas corretas. A quem tenha prazer em matar, logo...
    O sexo encarado apenas como uma coisa prazerosa que devemos recorrer no tempo que sentirmos vontade se torna a meu ver contraditório. Se o sexo é um prazer como o de beber coca cola, então não importa se está casado namorando e transar com varias pessoas ao mesmo tempo seria o mesmo que ir pra uma festinha de aniversario e comer muitos doces e salgadinhos.
    Fiquem com Deus

    ResponderExcluir
  99. amigo CALEBE

    Esta tese de que comer e transar são tudo igual, não é minha é do GRESDER SIL, mesmo assim valeu por sua participação.
    Se quiser discordar fique a vontade meu amigo, não passe vontade. Rsrsrsrsrsr

    Abraços e volte sempre

    ResponderExcluir
  100. No momento era pra eu ta mergulhado nos livros, mas acabei não agüentando não dar uma passada por aqui. Por enquanto só suaves comentários! rs
    abraço

    ResponderExcluir
  101. Amigão CALEBE

    Já vou logo te avisando que isto aqui vicia. Rsrsrsrsrsr

    Não precisa ser suave, pode liberar a fera que existe dentro de você!!! Rsrsrsrsrss

    Abraços

    ResponderExcluir
  102. Sexo não é pecado, mas isso não quer dizer que tem que transar por aí com qualquer um, meu Deus , não sou tão liberal assim, vamos entender direito este negócio aí rsrs

    ResponderExcluir
  103. olá RÔ

    Seja muito bem vinda a nossa sala do pensamento.
    Se sinta a vontade para comentar.

    O grande foco da postagem é o sexo com prazer, sem medo e neuroses, mas acima de tudo com amor e respeito.

    Claro que não precisamos partir para um radicalismo libertino (rsrsrsrs), mas antes termos consciência que quem criou o sexo foi deus e não o diabo.

    Mas sinceramente, gostaria de ouvir mais sua opinião sobre a temática exposta.
    E ai, sexo antes do casamento você acha que é pecado???

    Abraços

    ResponderExcluir
  104. Sexo não é pecado, mas não aprovo o exercício leviano e descompromissado da sexualidade.
    Mas não condiciono o exercício da sexualidade a contratos ou cerimônias. mas condiciono o sexo para casais compromissados um com o outro. Porque se for só pra falar que sexo é bom,e que não é pecado, tudo bem. Mas temos que ter cuidado quando dizemos que sexo não é pecado, para que alguns não pensem que se sexo não é pecado ta liberado aí já é outra coisa, mas sexo é bom e não é pecado, MAS para quem entende o que é sexo quando dizemos que ele não é pecado. Sexo é bom para quem quer viver a vida toda juntos. entendeu?
    Sexo é bom demais, para ser tratado de qualquer maneira.

    ResponderExcluir
  105. Creio de que quando alguém se refere ao sexo como não pecado, ele esta se referindo ao ato, ou como se faz na cama, em quatro paredes,e não só para dizer que não pode isso ou aquilo, mas quando digo para termos cuidado e porque pode confundir o que esta se dizendo quando diz que não é pecado, sexo só é pecado fora do compromisso de um casal. só o vejo como pecado fora de um compromisso, ou seja fora de um casamento, com ou sem contratos.O Sexo em si é uma benção, é união de almas! mas é fornicação sim, fora do casamento.

    ResponderExcluir
  106. E seja bem vindo ao Mulheres sabias viu?? paz querido!

    ResponderExcluir
  107. Oi RÔ

    Ainda bem que você voltou para dialogarmos e gerarmos assim, uma boa reflexão, tanto para nós quanto para os que porventura virão a ler a nossa conversa.

    Entendi o seu ponto de vista que também é valido, principalmente dentro da visão judaico-cristã ocidental.
    Mas (o problema é que sempre tem um “mas” na historia. Rsrsrsrsrsr) eu não concordo com este pensamento.

    Quando escrevi que sexo não é pecado, tem o sentido que você muito bem citou, que o sexo em si é puro, não há mal, pois é uma necessidade fisica, psiquica e social, como também um maravilhoso prazer, um verdadeiro presente de deus, mas também não vejo pecado em se fazer mesmo não sendo casado.

    O que eu não aprovo é a libertinagem, a desvalorização da pessoa, que é transformada em um mero objeto de prazer.

    Mas quando os dois se respeitam mutuamente, quer sejam casados ou solteiros, não vejo problema.

    Amiga RÔ, mesmo assim gostaria de “ouvir” mais a respeito de sua opinião sobre o sexo, e qual a sua opinião sobre o meu comentário.

    Abraços

    ResponderExcluir
  108. Outro coisa...... RÔ, obrigado por me receber bem em seu blog, ainda não li nenhuma postagem, mas assim que tiver um tempinho, eu apareço por lá para deixar minha opinião.

    Abraços

    ResponderExcluir
  109. Deste Jeito paramos de falar de sexo e passamos a falar de sexo se pode ou não fora do casamento, aí já é outro papo. Teremos que primeiro saber o que é casamento e muitas outras coisas!

    ResponderExcluir
  110. Amiga RÔ

    Concordo contigo, até porque em relação ao sexo, temos a mesma opinião, que ele em si mesmo é puro, prazeroso e é uma dádiva de deus.

    Mas agora a questão aqui é: “Sexo mesmo não sendo casado, apenas solteiros é pecado ou não?”.

    Minha opinião é que não é!
    Até porque seria humanamente quase impossível – eu disse quase – que no contexto e com a mentalidade que vivemos hoje, os jovens passarem suas vidas todas sem ter tido experiências sexuais, se guardando para um possível casamento.

    Como disse, eu não vejo mal, também não acho que seja pecado, desde que os dois se respeitem mutuamente.

    Então assim sendo RÔ, qual a sua opinião sobre isto?
    Você acha que sexo somente é certo, não sendo pecado, só se for consumado dentro de um casamento?

    ResponderExcluir
  111. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  112. Prefiro dizer a todos que esperem para ter sexo. procurem se casar sim, legalizar tudo, e fazer a coisa certa, se pode fazer porque não fazer?? as pessoas gostam de complicar srrs

    ResponderExcluir
  113. Já que está um toma lá da cá....

    Eu gostei da brincadeira, e vou entrar nesta de "bicão"..

    Eu desde menina, criei um tabu para o sexo liberal....pois sempre fui muito recatada, reservada....e eu achava que o sexo só se devia realizar-se entre duas pessoas, quando estas duas pessoas já se conheciam, e tinham muitas afinidades... confianças e certezas (a ponto de saberem que ambas não possuem nenhuma doença transmissível, e que nenhum estaria "fudendo" com a vida da outra)..

    Então, confesso que nunca vi o sexo como pecado...mas não acho CORRETO quando este é conduzido por duas pessoas que se conheceram numa noite, e já vão para a cama...

    No meu ponto de vista, 'pecado' é fazer sexo por dinheiro....é sair com dez numa noite...é fazer do sexo uma verdadeira "festa"...

    'Pecado', é o que pesa a sua consciência....e eu confesso, que se eu saísse com dez numa noite, a minha consciência já teria explodido de tanto peso...

    Então, como não tenho esta visão de pecado fazer sexo fora do casamento......até eliminei esta palavra da minha vida..

    Pois para mim, quando duas pessoas se amam, e se entregam...simplesmente estão praticando mais um ato de amor....de carinho...

    E se um casal que se ama, e se respeita.. beija na boca...porque não 'fazer amor' ao invés de 'sexo'??!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  114. Bom, Eu já sou da seguinte opinião liberalista e conservador onde, duas pessoas...

    ResponderExcluir
  115. Hubner meu querido...isso é comentário que se faça? KKKKKk

    Pode voltar aqui e abrir o verbo sobre o sexo!

    Ou será que você tá com medinho?

    Aliás...eu quero ver esta postagem do Marcio ultrapassar logo a minha em comentários!rsss

    ResponderExcluir
  116. Muitos criticaram tendo como base uma espiritualidade esquisita baseada no dualismo agnostico, dizendo que tudo que é material (e carnal, como dizem) necessariamente é mau, mas o que chamam de espiritual é bom, e agrada a Deus. Ora as campanhas e jejuns que inventam são justamente baseadas nesse pensar.

    Atribuem ate malignidade para o alimento visto que este alimenta o corpo (carne) e dai pensam que abster-se do alimento é estar purificado do pecado e ai acham promover o processo da santificação pelo jejum planejado, mas se isto for real então os demonios devem ser "santos" visto que não tem corpo e são seres espirituais (do mal).

    Por isso o meio gospel tem tão "grande" entendimento espiritual quanto um papagaio.

    ResponderExcluir
  117. GILSON

    Concordo com tudo que você disse, apenas queria tirar uma pequena duvida:
    Você concorda com minha postagem, mesmo você sendo crente????

    Abraços

    ResponderExcluir
  118. O que via muito em meu círculo social era que garotas da minha idade que eram religiosas e não poderiam transar com ninguém antes de se casarem pegavam o primeiro encardido da igreja,pra namorarem durante 1 ano ou menos,se casarem pra aí então poderem fazer sexo.

    É muita crueldade.

    ResponderExcluir
  119. passei por aqui para dizer que verdadeiramente voce nunca teve um encontro com jesus pois todo a quele que se aproxima dele de verdade ´é TRANSFORMADO, LIBERTO para glorificar a DEUS e libertar os cativos do cativeiro das obras da carne.Procure usar seu blog para a gloria de DEUS E NÃO PARA A VERGONHA DELE.Pois voçe e os que concordam com oque escreves precisam ter um verdadeiroENCONTRO COM ELE.Para sua meditação e a dos outros EFESIOS - 5;1-21 JESUS ESTA VOLTANDO

    ResponderExcluir
  120. Nunca confundir os próprios instintos com a vontade de Deus, pois seria insensatez; o instintivo pelo instintivo não passa de uma porta aberta para os vícios e toda espécie de mal “justificável”; só faz a vontade de Deus na área da sexualidade quem se deixa conduzir pelo Espírito Santo; exatamente como nos ensina São Paulo: “Vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não abuseis, porém, da liberdade como pretexto para prazeres carnais.

    “Digo, pois: deixai-vos conduzir pelo Espírito, e não satisfareis os apetites da carne. Porque os desejos da carne se opõem aos do Espírito, e estes aos da carne; pois são contrários uns aos outros. É por isso que não fazeis o que quereríeis. Se, porém, vos deixais guiar pelo Espírito, não estais sob a lei. Ora, as obras da carne são estas: fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, superstição, inimizades, brigas, ciúmes, ódio, ambição, discórdias, partidos, invejas, bebedeiras, orgias e outras coisas semelhantes. Dessas coisas vos previno, como já vos preveni: os que as praticarem não herdarão o Reino de Deus!

    “Ao contrário, o fruto do Espírito é caridade, alegria, paz, paciência, afabilidade, bondade, fidelidade, brandura, temperança. Contra estas coisas não há lei. Pois os que são de Jesus Cristo crucificaram a carne, com as paixões e concupiscências. Se vivemos pelo Espírito, andemos também de acordo com o Espírito”. (Gal 5,13-25).

    Portanto, o sexo é bom, muito bom, porque é dom de Deus, porém, quando vivido como sacramento de salvação para a maior glória de Deus, pois santifica tanto o homem quanto a mulher, porque o que Deus uniu o homem não separe. Logo, isto requer de ambas as partes amor e fidelidade como expressão da vontade de Deus que os une; fora dessa verdade, a prática sexual torna-se deturpação do dom de Deus.

    Paz e Bem!

    Frei Fernando

    ResponderExcluir
  121. Amigos do blog do marcio, eu Everton freitas, estou nesse exato momento aqui na casa do diacono rodrigo juntamente com nosso querido irmão diacono marcio, q infelismente ficou doido, estamos debatendo no bom sentido alguns assuntos , povo de Deus, irmãos em Cristo vamos levantar um clamor pela vida do nosso querido irmão marcio que esta aqui do meu lado, muito pode a oração feita por um justo,uma novidade o marcio disse q nós somos o q nós lemos, então se ele ler durante 1 ano sobre budismo, ele vai virar budista, se ele ler durante 1 ano livros sobre alan kardec, ele vai virar espirita, resumindo o irmão marcio ficou doido kkkk estou brincando kda um pensa da maneira q achar melhor, mas vou dizer uma coisa q eu estava conversando com o irmão marcio aqui na casa do diacono rodrigo, ele se diz vazio, triste com a verdade e eu disse prara ele q siiiiiiiiiiiiiiiii Deus for mentira,a bilia for mentira, a vida cristã for mentira Jesus for mentira, o Espirito Santo, com td isso eu prefiro viver com essa mentira, porq essa 'mentira' me faz muito feliz, ele prefere ser triste vazio com a 'verdade' dele e eu prefiro viver feliz com a 'mentira,povo de Deus vamos orar pela vida desse obreiro q c encontrar afastado dos seus pensamentos de cristão o meu maior medo é do marcio virar, marcinha, porq c vc é o vc ler, imagina c ele começar ler livros de meninos q viraram meninas, nada contra sou totalmente sem preconceito, independente de pensar diferente, mas vamos orar por ele, fiquem todod na paz de nosso senhor Jesus Cristo. Everton Freitas

    ResponderExcluir
  122. Tulio Cesar Gontijo3 de agosto de 2012 09:17

    Penso que a não realização do sexo antes do casamento é tratada como uma lei geral. Sexo no seu sentido mais literal, está relacionado a filhos. O que mais se vê nos dias de hoje são mães solteiras e bem novas. Sei que existem muitas pessoas, se não a maioria, que conseguem fazer sexo antes do casamento com segurança e evitam filhos. Mas o risco que tudo isso envolve nos deixa vulnerável a coisas não planejadas como filhos. O que quero dizer é que um casal casado evidentemente tem muito mais condições de criar e cuidar bem de uma criança do que um possível casal de solteiros que na maioria das vezes se separa por causa de sua cria e esta ainda acaba atrapalhando as chances de um bom futuro tanto para os pais que renunciam a estudos e oportunidades melhores, quanto também para os filhos que serão criados provavelmente por mães solteiras ou por avós na maioria dos casos. Não estou generalizando, só estou colocando em pauta as maiores possibilidades. E quando existe porventura alguma possibilidade de pecado ou de algum erro, a bíblia nos diz pra fugir...não é?

    ResponderExcluir

Deixe a sua opinião.

Mesmo que você não concorde com nossos pensamentos, participe comentando esta postagem.
Sinta-se a vontade para concordar ou discordar de nossos argumentos, pois o nosso intuito é levá-lo à reflexão!

Todos os comentários aqui postados serão respondidos!