quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Jesus: De tão desumano, só poderia ser "Deus" mesmo!


Uma certa vez, vi uma cena em um filme que me deixou muito pensativo: Uma determinada quadrilha tinha capturado um homem, e ao invés de matá-lo, o chefe desta mesma quadrilha determinou que ele fosse torturado e morto lentamente durante um mês, para isso, eles tiveram de fazer varias e varias vezes transfusões de sangue, para que mantivessem vivo aquele homem, de tal maneira que viesse suportar a tortura e não morrer antes do tempo determinado.

Quero que pense comigo agora por um instante: Que “Deus” seria mais cruel, um que matasse milhões de pessoas, porém, com a morte tudo acabaria ali mesmo, ou, um que criasse um "inferno" e que mandasse pessoas para queimarem por toda eternidade?

Não seria a tortura pior do que a própria morte? Ou ato de matar mais misericordioso do que a tortura??

Pois é assim o "Deus" hebreu do velho testamento, matou milhares, não, matou na verdade milhões de pessoas, porém, não condenava ninguém para o inferno, mas já no novo testamento, Jesus aparece e diz varias vezes que se alguém não o obedecer, seria lançado no inferno, onde haveria choro e ranger de dentes.

Inclusive, você sabia que foi feito uma pesquisa onde um estudioso constatou que o Deus do antigo testamento, matou mais pessoas do que o próprio diabo?
Pois é, seria o "Deus judaico-cristão" é um diabo encarnado em poder?.....Quem crê nesse "Deus", tem mais que ir para a igreja e viver uma vida de "santidade", para não correr o risco de ir parar no inferno mesmo.

Mas, Jesus consegue ser mais desumano do que o próprio "Deus" dos hebreus, na verdade, ele é bem mais cruel e vingativo, pois já pensou, os ímpios que não se arrependerem serão condenados por toda eternidade a um castigo eterno! Você tem noção disto? Eternidade não é por um tempo determinado e depois acaba, não! Eternidade não tem fim, sofrimento após sofrimento, para todo sempre, "amém"!

Sinceramente, eu acho que "Deus" gosta mais dos animais do que dos seres humanos, pois ao animal é dito que ele não tem uma "alma" como nós, que, portanto, com a morte deles tudo se acaba, mas a nós nos foi dado uma "alma imortal", e com ela a sentença de nunca morrermos, pior, se não nos arrependermos de nossos pecados vamos ficar para sempre sendo torturados no inferno.

Alias, que Jesus e o "Deus" bárbaro do velho testamento fiquem com seu "céu" pra lá, pois eu prefiro mesmo é ir para o "inferno", ao menos eu não vou precisar ficar de eternidade a eternidade como zumbi sendo obrigado a adorar e cantar músicas intermináveis para um Ser totalmente egoísta e vaidoso, que sofre da síndrome de rejeição, e nem muito menos ficar longe da minha família também, pois sinceramente, como eu poderia ficar bem em um céu adorando o cara que mandou meu filho, por exemplo, para o "inferno"?

É Jesus, bem que você disse que você não veio trazer paz para a terra, mas antes espada, causando divisões entre as famílias, pois já imaginou, o egoísmo e falta de amor maior do que a dos crentes? Chegarem a dizer que se a família não for, porém eles vão, pois a salvação é individual....só um "Deus" tão desumano para provocar isso nas pessoas!


Por: Marcio Alves

Observação 1: Eu apenas falei do "inferno" de Jesus, pois seu fosse falar de todas as passagens e palavras ditas por Jesus em que ele foi tão desumano, (como aquela vez em que ele negou curar a filha de uma Cananéia, e se depois da mulher ter se arrastado e implorado, foi que ele resolveu fazer o “milagre”. Não é a toa que os crentes para receberem algo de "Deus", precisam fazer tantas campanhas, se humilharem tanto, é que o "Deus" deles é Jesus e seu pai é Jeova, o "Deus" bárbaro) não caberia em apenas uma postagem, teria que dedicar varias postagens.

Observação 2: Eu estou partido da própria crença fundamentalista de que todas as palavras escritas na bíblia são literais e verdadeiras.

Observação 3: Como pude ser crente durante 20 anos da minha vida!!!

52 comentários:

  1. Sinceramente era para eu não gostar deste texto, mas eu gostei, devido ao meu repudio total a idéia de inferno.

    Também era para mim não gostar por achar que Jesus esta sendo mal entendido nesta postagem, pois Jesus sempre usou de hipérboles e parábolas para falar ao povo.

    Mas mesmo assim um Choque destes é bom para refletir sobre o que achamos de Jesus e de deus.

    Eu não vou defender a crença em condenação que eu sempre critiquei, mas crendo num Jesus humano eu posso disser que ele apenas estava fazendo como nossos pais que nos dizia que não é para a gente aprontar por causa do bicho papão até que a gente cresça.

    Pois como diz Aristóteles tem gente que nasceu para ser “escravo”, ou seja, tem gente simples que são incapazes de compreender tais coisa e que a sua utilidade e vantagem não é intelectualidade, mas a força bruta, e para esses tais uma crença em punição é positivo já que se não fosse isso eles se acabariam em anarquia.

    Jesus era tão humano que sabia que para muitos o medo é positivo, e por isso falou para eles, um detalhe, Jesus sempre se dirigiu ao simples e não aos mais entendidos, e por isso usou de hipérboles.

    Apesar de seu texto não analisar este fator humano da pratica dos grandes encinadores de multidões incultas, o texto é muito bom.

    Mas agora eu tenho que sair para fazer um orçamento, depois eu volto para replica.

    ResponderExcluir
  2. Esse blog tá virando um reduto de ressentidos com a vida e com a religião, isso sim...

    Tu usas as palavras de Jesus de forma distorcida, mentindo pra ti mesmo só pra justificar os teus ataques a ele.

    Obs. única: pode dizer o que quiser, mas eu não vou discutir.

    ResponderExcluir
  3. Hum, então Jesus não estava falando do Inferno quando falou do Inferno? Quando ele menciona o Hades (engraçado pq é um deus grego, uai...), ele está querendo dizer o quê?

    Ah tá, então quando a gente lê tortura, na verdade não é tortura? Ou seja, ninguém consegue hoje mais ler a bíblia literalmente, pois até o maior fundamentalista nota que ela é completamente insana.

    ResponderExcluir
  4. GRESDER


    Ah não!! Quer dizer que você gostou do meu texto?? Era para não gostar...agora não vai ter a menor graça mesmo. Rsrsrsrsrs


    Agora na questão de quais eram suas reais motivações e sentidos por trás de suas palavras, não temos como avaliar concretamente, não passando de especulações como as suas.


    Já a minha tese descrita nesta postagem, eu parto da objetividade das palavras “ditas” por Jesus, usando para isto, o próprio fundamentalismo, ou seja, o que eu avalio é o concreto das palavras de Jesus entendida pelos evangélicos hoje.


    Portanto, analisando o que esta escrito, vejo um Jesus desumano, que pede coisas que estão para além da capacidade humana, como amar e perdoar nosso inimigo – assunto este, que já debatemos uma vez – como também, amar as pessoas como nós mesmos, entre outras tantas coisas.


    Ou que tal falarmos do sermão da montanha, que é uma verdadeira apologia dos fracos e covardes deste mundo?


    Ou ainda, sobre não dar valor as coisas matérias, mas antes, espirituais, ou seja, o que ele pregou foi uma verdadeira idealização espiritual de como devemos ser, e não uma humanização do que é o homem em sua real essência.


    Pois na nossa essência, não possuímos somente qualidades “boas”, mas antes também, aquelas características repudiadas pela igreja em nome de uma ideologia inventada sobre as palavras de cristo, pois somos também egoístas, vaidosos, vingativos entre outras coisas.

    ResponderExcluir
  5. ISA

    Sua fala: “Esse blog tá virando um reduto de ressentidos com a vida e com a religião, isso sim...”

    Minha resposta: Eu sou posso falar de assuntos experimentados na minha subjetividade como objetividade.
    Agora, ressentido com a vida? Jamais!
    Estou mesmo é ressentido com a religião que me privou da vida, isto sim!


    Sua fala: “Tu usas as palavras de Jesus de forma distorcida, mentindo pra ti mesmo só pra justificar os teus ataques a ele”.

    Minha resposta: Oras ISA, para falarmos distorcidamente sobre Jesus, é preciso que exista antes, uma historia concreta, única e verdadeira sobre ele, mas isto não existe, por isso só podermos falar dele, através de especulações, pois para começo de conversa, nós não sabemos se o que está escrito sobre ele é mesmo verídico.

    Você ficou ofendido comigo? Oras, deveria ficar com raiva mesmo é dos fundamentalistas – o qual você já fez parte, e sabe muito bem do que estou falando – pois o que escrevi, escrevi usando a base deles, apenas tirei fora toda roupagem romântica que colocaram nele.

    ResponderExcluir
  6. BILL

    Bem pensando mesmo, ótimo argumento, quero ver o que o GRESDER SIL tem a dizer sobre o seu comentário.

    Se vira GRESDER com o BILL!!!! Kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Vai ser fácil se viral com o BiL não vou precisar nem escrever só colar o que eu já escrevi:

    Aquele que era o pedagogo por excelência, instrutor em parábolas, analogias, metáforas, poeta das plantas e animais, prosador da vida do homem do campo, e contador de historias e enigmas, não nos quis falar do inferno como algo literal. Mas sim como uma hipérbole que é força de expressão do significado de aniquilação irreversível que representa o fogo eterno.

    Hipérbole é uma exageração intencional de linguagem com o intento de tornar mais expressiva à idéia, como figura metaforica propositada para acentur a expressão do conceito, de modo a espor de forma dramática aquilo que se pretende vocabular, transmitindo uma idéia aumentada do autêntico.

    Isso nao é engano ou mentira, mas metodologia consciente para se dizer aos que não tem estrutura e entendimento para receber toda verdade. Pois sendo universal a sua mensagem Ele usava desses recursos para atingir de forma subjetiva cada pessoa, de todas as eras e povos, com entendimentos e capacidades de compreensão diferentes.

    Mas agora que crescemos e temos a capacidade de suportar certas desconstruções dos dogmas provisórios, e não somos crianças disciplinadas pelo medo, uma coisa não podemos deixar de sentir e dizer: que o inferno entendido como condenação literal e perpetua, não condiz nem com o senso de justiça intrínseco no espírito do homem e muito menos com o espírito do evangelho revelado no Amor e Graça do maior Mestre em figura de linguagem, contos alegóricos e palavras expressivas que já existiu!

    ResponderExcluir
  8. Agora Marcio seu titulo para quem acompanhou nossos debates na confraria ideal (e não no blog) desde o começo é o titulo mais “maligno” e magistral que eu vi até agora entre nós, astuto e simplesmente perfeito.

    Entretanto, não me choca, pois eu já não creio em todas as frases que se atribuíram a Jesus,e principalmente a interpretação destas frases, João mesmo é o que mais destorce as palavras de Jesus, pois o discurso do capitulo três e da oração sacerdotal após a ultima ceia são evidentemente uma pregação de João que ele coloca na boca de Jesus.

    É sim uma tarefa árdua e quase impossível fazer uma triagem para descobrir o verdadeiro Jesus histórico, eu tenho minha opinião se formando qual é a sua?

    É fácil ridicularizar os mitos, quero ver você me dizer a verdade por trás e formadora de tudo isso!? Ou seja, neste caso não se faz uma desmitologizaçao e um estudo histórico critico, mas apenas um deboche que demonstra uma arrogante indiferença, que não passa mesmo de incompetência.

    ResponderExcluir
  9. Gresder, esse negócio de Hipérbole é interpretação tua. Tá escrito lá:

    "E, se a tua mão te escandalizar, corta-a; melhor é para ti entrares na vida aleijado do que, tendo duas mãos, ires para o inferno, para o fogo que nunca se apaga,

    Onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga."

    "E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.

    E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.

    Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado."

    Tá escrito, o resto é tentativa fundamentalista de dobrar o texto e fazer ele ficar bonitinho. Se Jesus, sendo o fodão, quisesse dizer algo diferente, devia ter dito claramente. Foi por causa desses textos que MILHÕES de pessoas foram perseguidas e torturadas, jogadas na fogueira, mortas, estupradas etc.

    ResponderExcluir
  10. O Bilsinho esqueci do começo do meu texto entao toma ai sem agua e lubrificante:

    “Se o teu olho direito te faz pecar, arranca-o e lança fora, pois é melhor entrar na Vida com um só olho do que ir com os dois para o inferno”. Hora essa! Porque na nossa interpretação o olho é simbólico e o inferno é literal? Porque ninguém até agora arrancou o olho direito que tanto o fez pecar, e mais ainda: porque nenhum homem ainda não arrancou alguma de suas partes “indignas” para poder ser salvo. Então é assim: o inferno ta lá queimando que uma beleza! Mas arrancar a língua, a mão, o olho ou qualquer outro membro que é bom ninguém arranca!

    Qual o critério de uma coisa ser literal e a outra alegórica? Porque se ignora um “mandamento” enquanto se teme uma analogia mítica como força de expressão de uma realidade eterna não compreensível? Entende-se que o bom senso é o discernimento do que se é fictício ou literal. Agora me diz uma coisa: que bom senso tem na existência de um lugar de condenação permanente para quem (não pediu para vir ao mundo) peca por setenta anos nesta vida (e não consentiu em nascer pecador) e passa o resto da eternidade pagando por esses seus pecados hediondos: dançar, beber e fazer “amor” fora de hora!

    Meu Deus! Como assim? Eu lá no céu na maior alegria e milhares dos meus semelhantes queimando para sempre no quinto dos infernos? Só se eu estiver sedado para não me importar com isso! Ou será necessário Ele (usar deste artifício) apagar da nossa memória a existência dos nossos entes queridos que ficaram para traz, (blasfemando de Deus para sempre) para nos termos paz! Que paz? E a promessa de nunca mais choro, nunca mais dor? (nunca mais pra meia dúzia, será? enquanto a maioria da humanidade se arrebenta, se acotovelando em ódio mutuo, perpetuando o pecado na existência?)

    ResponderExcluir
  11. Marcinho, tu viu meu e-mail?

    Sabe que mais penso? Aquela gente que veio ao mundo e nunca experimentou uma migalha de felicidade, veio apenas para ser torturado pela vida e depois ainda vai para o inferno? Muitas vezes questionei isto.

    Deus num tem nada com isto! Eu volto, mas tenho que digerir primeiro, foi pesado rsrs
    Te amo viu? Beijão.

    ResponderExcluir
  12. Marcinho, na boa, não quento mais discutir esses assuntos nestes termos. Leia de Juan Luis Segundo, "O inferno como absoluto menos - um diálogo com Karl Rahner", ed paulinas. Depois agente pode conversar em outro nível, pois discutir esse assunto a partir do fundamentalismo já deu o que tinha que dá, ou seja, não deu em nada.

    ResponderExcluir
  13. Eduardo Wiliam via Esdras Gregório5 de novembro de 2010 19:00

    Então tira as partes pessoais do que voce escreveu e manda como comentário junto a cada paragrafo do texto dele, se voce nao fazer e eu vou editar seu texto, limpando a fofoca e deixando somente a critica colocar lá, ele vai gostar mais de voce, antes criticado do que ignorado rsrs

    ResponderExcluir
  14. Eduardo Wiliam comentando Particularmente com o Esdras o texto do Marcio:

    Eduardo W:

    Este é o tipo de texto que mais repudio! Nada acrescenta e revela certa arrogância da descoberta da "verdade", por parte do escritor...

    to kick the dead dog!! tchu kiqui d déd dógue

    chutar cahorro morto...

    put'z....

    Eu: Mas eu gostei e comentei rsrs

    Edurdo W:

    COMO DIRIA JACK (O ESTRIPADOR):
    VAMOS POR PARTES...


    Uma certa vez, vi uma cena em um filme que me deixou muito pensativo: Uma determinada quadrilha tinha capturado um homem, e ao invés de matá-lo, o chefe desta mesma quadrilha determinou que ele fosse torturado e morto lentamente durante um mês, para isso, eles tiveram de fazer varias e varias vezes transfusões de sangue, para que mantivessem vivo aquele homem, de tal maneira que viesse suportar a tortura e não morrer antes do tempo determinado.


    Quero que pense comigo agora por um instante: Que “Deus” seria mais cruel, um que matasse milhões de pessoas, porém, com a morte tudo acabaria ali mesmo, ou, um que criasse um "inferno" e que mandasse pessoas para queimarem por toda eternidade?
    ESTÁ CLARA E PATENTE A OPOSIÇÃO "GRATUITA" DO NOSSO CARO MARCIO, NO
    PESO DE SUAS COLOCAÇÕES / PALAVRAS... SERÁ UE A FRUSTÇÃO PESSOAL DELE FOI TÃO GRANDE ASSIM?? É SEMELHANTE AOS CARAS QUE DESACREDITÃO DO AMOR DEPOIS DE TOMAR UM CHIFRE OU UM TOCO DAQUELA QUE ACHAVA SER A MUSA DE SUA VIDA!! SERIA BOM EMPRESTAR SEUS AUTORES PARA ELE DAR UMA LIDINHA... TEM FUGIDA A ANÁLISE SÁUDÁVEL E HUMILDE DE TEXTOS ESCRISTOS NUM CONTEXTO, COM DETERMINADO CONHECIMENTO EM UMA REGIÃO DIFERENTE, HISTÓRIA E BLALBALBLBA... TEM QUE PEGAR LEVE, CARALHO!

    Não seria a tortura pior do que a própria morte? Ou ato de matar mais misericordioso do que a tortura??

    Pois é assim o "Deus" hebreu do velho testamento, matou milhares, não, matou na verdade milhões de pessoas, porém, não condenava ninguém para o inferno, mas já no novo testamento, Jesus aparece e diz varias vezes que se alguém não o obedecer, seria lançado no inferno, onde haveria choro e ranger de dentes.
    rsRSRSRS...UM DE SEUS DISCIPULOS SE DESVIOU DO CAMINHO ESDRAS... O CARA PARECE QUE AQUELES ECOCHATOS, SUPERATEUS-SABE-TUDO, UM MALA UM WATSON... MISTURAR UMA CAUSA COM AS NOSSAS FRUSTAÇÕES PESSOAIS ACABA SEMPRE POR FERIR OU OFENDER ALGUÉM... CAMINHO QUE PARTICULARMENTE NÃO PARACE SER ALGO DE ALGUÉM QUE UM DIA DE SUA VIDA COGITOU TER ANDADO COM AS SANDÁLIAS DO CRESTUS... (Cristo)

    ResponderExcluir
  15. inclusive, você sabia que foi feito uma pesquisa onde um estudioso constatou que o Deus do antigo testamento, matou mais pessoas do que o próprio diabo?
    Pois é, seria o "Deus judaico-cristão" é um diabo encarnado em poder?.....Quem crê nesse "Deus", tem mais que ir para a igreja e viver uma vida de "santidade", para não correr o risco de ir parar no inferno mesmo.
    DEUS...SANTO DEUS... QUEM É FILHO DA PUTA QUE PATROCIONA UM ESTUDOS DESTES?!

    Mas, Jesus consegue ser mais desumano do que o próprio "Deus" dos hebreus, na verdade, ele é bem mais cruel e vingativo, pois já pensou, os ímpios que não se arrependerem serão condenados por toda eternidade a um castigo eterno! Você tem noção disto? Eternidade não é por um tempo determinado e depois acaba, não! Eternidade não tem fim, sofrimento após sofrimento, para todo sempre, "amém"!
    VÊ-SE QUE A INTENÇÃO DO CARO MÁRCIO NÃO PASSA NEM PERTO DE MOSTRAR A LIMITAÇÃO DO ENTENDIMENTO DOS ESCRITORES BIBLICOS E ASSIM QUEM SABE ELEVER A PESSOA DO PERSONAGEM PRINCIPAL DA BIBLÍA... RSRSRS... É SÓ RANCOR MEU IRMÃO!! PURO, SIMPLES E GRATUITO...
    ESPERO QUE SEJA UMA FASE SEMELHANTE A DE ADOLESCENTES REBELDES...

    Sinceramente, eu acho que "Deus" gosta mais dos animais do que dos seres humanos, pois ao animal é dito que ele não tem uma "alma" como nós, que, portanto, com a morte deles tudo se acaba, mas a nós nos foi dado uma "alma imortal", e com ela a sentença de nunca morrermos, pior, se não nos arrependermos de nossos pecados vamos ficar para sempre sendo torturados no inferno.

    Alias, que Jesus e o "Deus" bárbaro do velho testamento fiquem com seu "céu" pra lá, pois eu prefiro mesmo é ir para o "inferno", ao menos eu não vou precisar ficar de eternidade a eternidade como zumbi sendo obrigado a adorar e cantar músicas intermináveis para um Ser totalmente egoísta e vaidoso, que sofre da síndrome de rejeição, e nem muito menos ficar longe da minha família também, pois sinceramente, como eu poderia ficar bem em um céu adorando o cara que mandou meu filho, por exemplo, para o "inferno"?
    OBRIGADO A CANTAR??? NEM MESMO UM SIMPLÓRIO SABE QUE PARA LOUVAR É NECESSÁRIO TER MOTIVOS MUITO BEM DELINEADOS NO INTIMO DO SER... COMO ADORO O GRANDE FINNEY... EXPLICA O CÉU E O INFERNO DE MANEIRA JURIDICA! PRONTO! NEM MISTICO, NEM EXTRATERRENO... JURIDICO! PRA MAGISTRADO NENHUM BOTAR DEFEITO E GANHAR A SIMPATIA DE TODOS OS ESTUDANTES E GRADUADOS EM DIREITO...KAHSUHAKSUHAS....

    É Jesus, bem que você disse que você não veio trazer paz para a terra, mas antes espada, causando divisões entre as famílias, pois já imaginou, o egoísmo e falta de amor maior do que a dos crentes? Chegarem a dizer que se a família não for, porém eles vão, pois a salvação é individual....só um "Deus" tão desumano para provocar isso nas pessoas!
    KASHUHSDKSHDKHSDUKS.... CANSA... SE O CACHORRO MORREU, JÁ ESTA MORTO...PASSEMOS PARA OUTRA FASE...KASHDUHSKUHKS....

    ResponderExcluir
  16. Por: Marcio Alves

    Observação 1: Eu apenas falei do "inferno" de Jesus, pois seu fosse falar de todas as passagens e palavras ditas por Jesus em que ele foi tão desumano, (como aquela vez em que ele negou curar a filha de uma Cananéia, e se depois da mulher ter se arrastado e implorado, foi que ele resolveu fazer o “milagre”. Não é a toa que os crentes para receberem algo de "Deus", precisam fazer tantas campanhas, se humilharem tanto, é que o "Deus" deles é Jesus e seu pai é Jeova, o "Deus" bárbaro) não caberia em apenas uma postagem, teria que dedicar varias postagens.
    PODIA JURAR QUE TINHA NOTADO MATURIDADE NO CARA... VAI SER INTERESSANTE A VISITA DELE A CAMPINAS...

    Observação 2: Eu estou partido da própria crença fundamentalista de que todas as palavras escritas na bíblia são literais e verdadeiras.
    E ELE COMO UM BOM FUNDAMENTALISTA E TOLINHO QUE SEMPRE FOI ACREDITA E LEVA TUDO A FERRO E FOGO... É PRECISO RELER O EVANGELHO COM LUVAS E UMA ´MÁSCARA... TALVEZ ASSIM ENTENDA DIREITO O QUE OS CARAS "QUERIAM" PASSAR ACOM O ENTENDIMENTO QUE POSSUIAM....

    Observação 3: Como pude ser crente durante 20 anos da minha vida!!!








    GOSTO DO CARA SEM CONHECER... ESPERO MESMO QUE ESTA SEJA UM FASE REBELDE (INÚTIL PORÉM NECESSÁRIA)...
    QUEM SABE SE LHE PASSAR OS LINKS DO BARTH, BRUNNER E OUTROS ELE REPENSE O MODO XIITA DE DISCORDAR DOS OUTROS...
    TAÍ UM CARA QUE VÔCÊ PODE DIZER QUE DISCORDAR POR VAIDADE...
    TALVEZ NO FUTURO ELE MELHORE...AKSHDKASUDGHAKSDHAKSDGHUKS

    Eu: Manda pra ele essa nossa convença rsrs ele é legal pessoalmente apesar de eloqüente rsrs

    Eduardo W: NÃO MANDAREI POR MOTIVOS ÉTICOS!

    ESTOU "FOFOCANDO" DO CARA...KASJHDKUHDUASHDKS

    Então tira as partes pessoais do que você escreveu e manda como comentário junto a cada parágrafo do texto dele, se você não fizer e eu vou mandar seu texto, limpando a fofoca e deixando somente a critica colocar lá, ele vai gostar mais de você, antes criticado do que ignorado rsrs

    *Bom como ele não deu a resposta ainda eu mandei o que ele escreveu na integra, então pega leve Marcio que ele nem sabe que eu realmente fiz isso rsrs

    ResponderExcluir
  17. "Como pude ser crente durante vinte anos".

    O desejo de transcender ainda continua latente. Ele não se deleta. Considero você um verdadeiro cristão. Creio que hoje, Deus tem aberto os seus olhos para ver que religião é um sentimento indestrutível do nosso mundo psíquico.

    Eu entendo que sua indignação é autêntica, por partir de um coração sincero que diz:

    "Seja um revoltado até as entranhas com o que estão fazendo do sentimento mais sagrado do ser humano. Grite aos quatro cantos que de tão desumano, só poderia ser aquele Deus guerreiro e bárbaro que lutava por terras e bens terrenos, não o deus que diz: "O reino de Deus está dentro de voz".

    ResponderExcluir
  18. Errata:

    Onde está escrito "dentro de VOZ" - leia-se "dentro de VÓS"

    ResponderExcluir
  19. "Estou mesmo é ressentido com a religião que me privou da vida, isto sim!" (Márcio Alves).

    Assim como falei para o Evaldo, mas ele diz que não, falo à você Márcio:

    -Como é triste ver o resultado que a religião faz no coração e na alma das pessoas.

    Corações ressentidos, amargurados, enraivados pelos abusos que ela cometeu. Você mano não está sozinho. Eu fui um dos mais abusados por ela. Senti na carne os pesos da culpa, dos medos das maldições, dos demônios, do inferno. Vive 5 anos debaixo da IURD. Sendo esfolado financeiramente e psicologicamente a cada final de semana. Tendo que alimentar um "deus" sedente por sacrifícios (dinheiro, e só valia dinheiro).Fui abusado como uma criança indefesa.Um pedófilo espiritual me abusou e eu nem ao menos sabia o porquê do abuso.

    Mano, não pense que só você sofreu, chorou. Não foi só você o lesado nesta história toda. Como tu, milhares de outras pessoas também foram e ainda não abusadas em nome de "deus".

    Mas quando agente, de fato e na subjetividade e na prática de suas palavras, conhecemos a Jesus, ele cura, liberta, transforma e nos dá força para perdoarmos nossos algozes. Digo isso por experiência própria.

    Mano, não quero te convencer a nada. Não quero te transforma a fundamentalista novamente (até porque eu não sou um deles e nem me encaixo a nenhuma teologia,pois busco sempre o equilíbrio em tudo). Digo isto porque estou expressando à você e a todos o que vive também, mas nem por isso descambei para o ateísmo, liberalismo, ou desmitologização dos Evangelhos (formas lights do ateísmo). Aliás, até mesmo os que defendem a existência de Deus são ateus e nem sabe (sabe sim, mas finge não saber).

    A religião lhe privou de viver o que mano? De ser mulherengo? De poder odiar quem quiser? De pensar o que lhe bem parecer?

    Não mano, ela não lhe privou. Você se privou dessas coisas e muitas outras por vontade própria, porque você acreditava, na epoca, que era a coisa certa a se fazer.Hoje você se priva de acreditar em Jesus também por conta própria, pois você também acha que é a coisa certa à fazer. E isso ninguém te obrigou, você, por livre e espontânea vontade, assim decidiu.

    Não concordo com você, mas respeito. O que posso fazer e continuar a orar por você e por todos da Confraria como venho fazendo. Não no intuito te reconvertê-los, mas simplesmente porque os amo e os quero bem. Não porque vocês vão para o inferno, mas para que vocês vivam essa vida de uma forma melhor possível.

    Nem todos mano servem a Jesus com medo do inferno (eu pelo menos não sou um deles). Há? Sim, e muitos, mas para aqueles que conhecem de fato o que Cristo ensinou, "Nenhuma condenação há para quem está em Cristo Jesus".

    Abçs humanos e fraternos!

    ResponderExcluir
  20. Errata: Onde se lê:"(eu pelo menos não sou um deles", leia-se: "eu pelo menos sou um deles".

    ResponderExcluir
  21. Bem pessoal, desculpe minha demora em responder-lhes, é que estou por esses dias, muito atarefado mesmo, e como estou aqui no serviço na minha hora de almoço, vou tentar responder alguns comentários, os demais, hoje a noite ou amanhã de manhã, eu respondo, ok?

    ResponderExcluir
  22. GUIOMAR

    Eu vi sim, dá proxima vez, vou prestar mais atenção, obrigada por me avisar.

    Sua fala: “Sabe que mais penso? Aquela gente que veio ao mundo e nunca experimentou uma migalha de felicidade, veio apenas para ser torturado pela vida e depois ainda vai para o inferno? Muitas vezes questionei isto.
    Deus num tem nada com isto!”

    Minha resposta: Como não? Deus não teria nada haver com isto, se ele, ou não tivesse nos criado, ou se ele não existisse.

    Então, logo Deus não..............


    Sua fala: “Eu volto, mas tenho que digerir primeiro, foi pesado”

    Minha resposta: Eu sei que foi pesado.....foi de próposito. Rsrsrsrsrsrs

    Mas então volte e diga sua opinião sobre o texto.

    Abraços

    ResponderExcluir
  23. DUZINHO

    Eu entendo como você se sente, pois eu sinto o mesmo pelos textos do GRESDER sobre Jesus. Rsrsrsrsrsrs

    DUZINHO, eu agora divido meus textos em dois:
    Um para vocês, para nós discutimos assuntos mais importantes, outros, para os fundamentalista, pois se o GRESDER escreve pensando nos crentes de Campinas, eu escrevo pensando nos crentes de maneira geral.

    ResponderExcluir
  24. EDUARDO WILIAN (via ESDRAS GREGORIO)

    GRESDER, copie meu comentário e manda para o e-mail do EDUARDO....embora eu já esteja perto de voltar do almoço, não posso deixar de responder ele.

    EDUARDO, são sentimentos iguais aos seus que eu quero provocar, pois escrever coisas obvias ou inteligentes, para que todo mundo concorde e aplauda, para mim não está com nada, o que eu gosto mesmo é de gozar os crentes, levantar discussões, fazer as pessoas menos cultas, porém muito religiosas, pensarem e questionarem suas crenças.

    Não há nada mais prazeroso do que você ver muitas pessoas sendo influenciadas e até mudadas por causa do poder da sua escrita.

    Chutando cachorro morto?
    Pode ser, mas o que está para mim bem patente é que os meus chutes não são em coisas ultrapassadas, em assuntos totalmente irrelevantes, pois, querendo ou não, o cristianismo continua de pé, mesmo aquele face cafona e sem nexo, portanto, se não faz efeito em pessoas como você, pode acreditar que em muitas pessoas faz.

    EDUARDO, podemos no máximo ler as palavras, mas a intenção originaria por trás das palavras, isto não dá, por isso ser as palavras escritas tão frias e distantes do objetivo do autor, pois eu não estou frustrado, nem triste por o deus que eu acreditava ser um amigo imaginario, mas antes, quero ser altamente provocativo e impactar as pessoas com meus textos.

    Agora vou ter que parar, pois tenho que voltar....mas antes, mas antes, apenas uma observação:
    você critica o autor do texto, mas não rebate o mesmo, se o texto é tão assim ridiculo, porque você não questionou o texto em si???

    Isto é próprio de pessoas sem argumentos, que rotulam os outros, para diminuirem, ridicularizando a ideia do outro, sendo que o mesmo não tem capacidade para refutar tais ideias.

    (Gostou dessa GRESDER??? Agora pode mandar de volta para ele. Rsrsrsrsrsr)

    ResponderExcluir
  25. Marcio larga mão de se a achar, ele não criticou seu texto por que ele concorda com a idéia, o que ele criticou foi seu modo de escrever menino.

    Agora comenta meu comentário também viado, e minha replica ao bil bil.

    ResponderExcluir
  26. Márcio,

    Excelente texto, parece até que eu escrevi, rsrs.

    O que acho interessante é os demais defenderem as "palavras de Jesus". Rapaz, eu só não consigo provar, mas, minha conclusão é que não existe tais palavras, existe apenas um teatro montado com base em várias outras peças (por exemplo a inclusão do Hades no judaísmo), no fundo no fundo, o cristianismo é um judaísmo+mitoloriagrega+mitologiaromana+etcetal.

    Se for isto mesmo, não existe cristinismo ou Cristo, existe apenas "tutti-frutti".

    Elvis não morreu.

    Abraços,

    Evaldo Wolkers.

    ResponderExcluir
  27. Querido Marcio!

    Se seguissemos tudo que DEUS pede, esse mundo seria outro, não é facil agradar ao todo poderoso, mas admitamos que é o caminho da Paz eterna, pois nós seres humanos somos crueis sem motivo e razão ao contrário do nosso Amado Deus.

    ResponderExcluir
  28. GRESDER 1

    Ok! Vou comentar todos seus comentários, parte por parte, tão bom assim?

    Começando pelo seu último....pronto, já respondi o primeiro. Rsrsrsrsrs

    Ah, antes que me esqueça....viado em que me chama. Hehehehehehehe

    ResponderExcluir
  29. GRESDER 2

    Quer dizer que o inferno é metáfora, mas o diabo e seus anjos que Jesus disse que existiam no mesmo é literal??? Hum..........sei, sei, sei.

    Palavras de Jesus: “Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno preparado para o Diabo e seus anjos” (MT 25.41)

    GRESDER, você pode dizer o que quiser, alias, todo mundo pode dizer o que quiser, pois não sabemos até onde vai a originalidade das palavras ditas por Jesus, mas uma coisa podemos ter certeza, que é difícil desconstruir a idéia do inferno nos ditos de Jesus, partindo da própria escrita dos evangelhos, isto é.

    ResponderExcluir
  30. GRESDER 3

    Obrigado por suas palavras...ainda mais vindas de você. Rsrsrsrsrs
    Eu sabia que o meu titulo já valia a postagem, por ser simplesmente fantástico.

    De tão desumano só poderia ser Deus mesmo, trás o significado de deboche sobre a divinização crista de Jesus, pois por ele se tratar de ser “Deus” só poderia ser cruel ao ponto de criar e mandar pessoas para o inferno, por isso, pelo fato de Deus ser Deus e não homem é que ele se torna desumano.

    Agora, em cima de seu comentário, onde você fala que João distorceu palavras de Jesus, como ainda podemos falar dele (Jesus)?

    Para mim, GRESDER, Jesus foi um homem como outros grandes mestres que o antecederam, mas que se tornou quem é, um pouco por causa de seus discípulos, mas principalmente, por causa do império romano, e mais precisamente por causa do imperador Constantino, pois se o cristianismo não tivesse nascido no berço de Roma, que era na época o império que dominava o mundo, ele não teria sido quem hoje ele é, no sentido de sua fama e gloria.

    Gostou da minha interpretação sobre o Jesus histórico? E qual é a tua???

    ResponderExcluir
  31. GRESDER 4

    Você sabe que nós concordamos sobre a não existência do inferno, o que não dá para concordar é que você tenta “salvar” Jesus e seu “cristianismo” da crença do inferno.

    Você sabia que Jesus falou muito mais sobre o inferno do que sobre o céu???

    Ou ele queria amedrontar as pessoas com a invenção do inferno, ou os seus discípulos é que quiseram, mas dizer que o que está escrito não ser o que está escrito, mas sim parábolas, é ser desonesto.

    ResponderExcluir
  32. COMPLEMENTAÇÃO DO MEU COMENTÁRIO AO GRESDER 3:

    GRESDER, partido da premissa que eu levanto, logo não é a sua tese de que a morte na cruz de Jesus ter sido a responsavel de transformar ele na maior e mais influente personagem historico de todos os tempos, mas simplesmente por causa do poder e influencia do imperio romano, que era o contexto de seu epoca.

    ResponderExcluir
  33. LEVI

    O meu desejo não é pela transcendência...mas pela vida, portanto, a idéia de uma eternidade me assusta muito mais do que a idéia do nada depois da morte.

    Não estou revoltado, sempre escrevi assim para chocar as pessoas, para que minha reflexão seja impactante, daí eu apelar não somente para a razão, mas também para o coração e senso de Justiça das pessoas.

    Abraços

    ResponderExcluir
  34. EDNELSON

    Eu não deixe de ser crente por causa da privação que a mesma me empunha, até porque, eu era feliz mesmo assim, pois a crença nos conforta, alegra e nos da segurança, diante de um mundo inseguro, injusto e contingencial, daí, as pessoas crerem por que querem crer.

    É muito mais um desejo, do que lógica, realidade e verdade mesmo.

    Pois ter fé é preciso anular a razão, pois a fé esta embasada na imaginação e desejo, e não em evidencias verificadas e provadas.

    Eu perdi a fé, não foi por culpa da religião não, mas por olhar para vida, usar a razão, e principalmente, ter coragem de questionar minhas próprias crenças.

    Se fosse a muito tempo antes, na época primitiva, até dava para engolir muitas das crenças religiosas, onde tudo que acontecia era por causa de algum deus, mas hoje, não há mais necessidade de deus, pois a ciência através de sua alta tecnologia consegue explicar muitas coisas que eram crenças antigas, como fenômenos naturais.

    Mas se você ED precisa acreditar para que sua vida faça algum sentido, ok, continue acreditando, mas para mim, não dá, não posso deletar tudo que pensei, que observei e que cheguei a conclusão....vejo nesse sentido, que a verdade do mito do Éden, continua ainda valendo, pois uma vez que seus olhos são abertos, nunca mais eles voltam a fechar.

    É ter fé, para mim é isto, é fechar os olhos para a realidade, para ficar com a fantasia do desejo e da imaginação.

    Abraços

    ResponderExcluir
  35. EVALDO

    É por ai mesmo....Jesus é uma salada mista dos mitos messiânicos das outras culturas e povos, mas como eu disse para o GRESDER, seu maior diferencial para ele ser o
    “cara”, foi ele ter surgido num contexto, onde Roma comandava o mundo de então, pois se não fosse isto, se ele tivesse nascido em outro berço, contexto, cultura, e lugar geográfico, com por exemplo numa África da vida, não teríamos nem noticias dele.

    Abraços

    ResponderExcluir
  36. SANTANA

    A grande questão é que não é Deus quem pede o que as religiões dizem que ele pede, mas antes, são as próprias religiões e não Deus.

    Outra coisa é que se Deus é todo poderoso como você afirma, então ele não tem que pedir nada para nós, você não acha???

    Toda suposta vontade de Deus não passa da vontade projetada do homem em Deus.

    Abraços

    ResponderExcluir
  37. Marcio

    Para mim é muito simples fazer a distinção das palavras de Jesus, primeiro que todas elas são de Jesus, mas algumas foram romanceadas, mudadas e editadas.

    As “verdadeiras” são as realísticas e sustentáveis e as adulteradas são as insustentáveis e Mirabolantes. Simples assim, como escolher feijão bom dentre os ruins.

    ...................................................................................

    Desonesto?

    Marcio Jesus só falava em parábolas em hipérboles em figura de linguagem, para falar ao coração, isso por que Jesus era um mestre um professor religiosos que sabe que tem coisas que não dá para ser entendida literalmente e que só podem ser ditas por figuras, isso é a essência do ensino de Jesus, isso é sua marca registrada.

    E Constantino esta muito longe de Jesus, ele pode ter contribuído para patrocinar e transformar o cristianismo, e não para formar o cristianismo, é diferente, muito diferente.

    ResponderExcluir
  38. Kkk vocês são mais escravos do cristianismo do que os crentes, e com um agravante: são porque querem! Quando eu digo que pensar demais é uma faca de dois gumes, que tanto pode deixar a pessoa mais inteligente quanto mais tansa...

    ResponderExcluir
  39. Eu rio vendo vocês perdendo tanto tempo com um assunto que vocês juram que não lhes interessa. É a mesma coisa que ateus fanáticos falando mal de Deus (que pra eles não existe) o tempo todo.

    Sério, todos vocês deveriam achar algo mais produtivo para aplicar o potencial que possuem. Esse blá blá blá que de altruísta não tem nada só serve pra alimentar essa briguinha de egos que não leva ninguém a lugar algum, pelo contrário: só deixa seus participantes ainda mais ressentidos uns com os outros e com a vida.

    ResponderExcluir
  40. Marcitto, depois do seu texto ME SINTO MAIS FUNDAMENTALISTA.

    Parecia que eu estava em desconstrução, mais depois dessas palavras, o que tenho que dizer é que realmente Deus é des-humano... Ele tinha tornado um humano, agora que ele está em corpo glorificado ele é um verdadeiro des-humano.

    Ele está na classe dos divinos, e quem é divino não é humano. Mas estão sujeitos as mesmas paixões humanas. "APENAS SUJEITOS"

    Depois desta postagem FIQUEI MAIS CRENTE AINDA.

    Abraços e Bjs fraternais

    Hubner Braz (O Fundamentalista)

    ResponderExcluir
  41. Isa o Cristianismo é um assunto que me interessa muitíssimo agora, se um dia não for não desprezarei que se interessar já que um dia já foi centro do meu interesse.

    Agora mais interessante é você jurar que não interessa e ainda ler nossos debates rsrsrs

    ResponderExcluir
  42. ISA

    Não vou precisar dizer muito, pois o GRESDER já disse praticamente tudo...mas, vou apenas acrescentar:

    Todos nós vivemos no presente, porém, o que nós somos é o nosso passado, pois ele é a nossa história.
    Minha origem, bem como minha raiz está totalmente imersa no cristianismo, reconheço isto.

    Quando você luta contra uma coisa, é porque esta coisa ainda esta em você.

    Agora, o mais engraçado mesmo é você vir aqui e debochar de nosso interesse no cristianismo, como se você não tivesse sido criado e influenciado pelo mesmo.

    É o sujo falando do mal lavado. Rsrsrsrsrsrsrsrs

    ISA, fica na paz do “sinhô”. Hahahahhaahah

    ResponderExcluir
  43. GRESDER

    Mas é claro que o natural é sustentável, porém as partes em que ocorrem os eventos sobrenaturais é puro mito mesmo.

    Só que a questão não é tão simples assim, pois mesmo no natural, podemos questionar se de fato, muitas coisas ali foram autenticas ou simplesmente acrescentadas posteriormente, principalmente, na parte onde constam as palavras de Jesus.

    Será que o que Jesus disse, disse mesmo ou também não foram acrescentadas, pois o que se sabe é que os evangelhos que constituíram o novo testamento, foram escritos muito depois da morte de Jesus, e ainda, junta se a isto o fato de que existe centenas de outros evangelhos.

    ResponderExcluir
  44. Outra coisa GRESDER, na questão do inferno, faltou você me responder se o inferno para Jesus não era literal, então o que dizer da parte onde ele fala do inferno, ele falar do diabo e seus anjos também?

    Por acaso o inferno é simbólico, mas o diabo e seus anjos são literais?

    Neste ponto, eu tenho que concordar com o fundamentalismo, embora eu não acredite na existência do inferno......se formos analisar objetivamente as palavras ditas por Jesus, então teremos que crer no inferno como real.

    ResponderExcluir
  45. HUBNER

    Você não consegue ser outra coisa que não um fundamentalista, porque você foi condicionado a isto, e como a coisa mais difícil de ser fazer é questionar a nossas crenças, você é o que você foi determinado pelo seu meio social a ser, não podendo ser outra coisa que não um fundamentalista.

    Realmente Jesus é deus glorificado, assim como Zeus é o deus chefe do panteão grego dos deuses. Rsrsrsrsss

    ResponderExcluir
  46. Como diria Campbell, Mito é a Religião dos outros. Neste caso, incremento: Religião é a crença dos outros, a minha não é, ela é "A Verdade".

    Todo religioso acha que não o é. "A religião te fez mal, ela é má e perversa, mas venha pra Jesus que ele vai te salvar...!". Ou seja, religião é má, aceite a minha.

    Só para o cara ali em cima que disse que descobriu Jesus e sua religião era má. Não meu filho, você CRIOU uma religião para você, uma que lhe faz sentido. Tão somente isso. Quase todo mundo faz isso, cria um mundo fantástico que lhe faça sentido, pegando os pedaços que lhe interessam.

    É como nesse caso. Embora Jesus tenha falado a respeito do Inferno, e embora seus supostos discípulos tenham corroboado com isto, tem muito cristão que diz que o Inferno não existe, pois não suportam sua idéia. Ou seja, adaptam a sua religião para algo que possam digerir.

    ResponderExcluir
  47. Quando se desmitologiza, se desmitologisa tudo, foi o que eu disse no meu post e nao preciso responder aqui

    ResponderExcluir
  48. Márcio mano, siga em paz seu caminho!

    Abçs humanos e fraternos!

    ResponderExcluir
  49. Marcinho,

    É simples assim: Não decidi argumentar. Nada que eu diga vai responder a interrogações que todos nós temos. Uma coisa no entanto, eu creio: Deus ama a todos e não preparou o inferno para os homens. Eu decido onde quero passar a eternidade.

    Tem outra coisa: Eu tenho amado você em oração e meu coração geme diante de Deus por você, porque estou te amando muito mais. Sei que tua busca não acabou, você não chegou a conclusão absoluta de que Deus não existe.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  50. EDNELSON

    Mano, a mesma coisa eu digo para você....siga em paz!
    Se existe deus ou não, no final das contas todos nós estamos no mesmo barco.

    Abraços

    ResponderExcluir
  51. GUIOMAR

    Como você pode ter ao mesmo tempo certeza de que deus nos ama, se você não chegou a conclusão de porque nós sofremos???
    Pois de duas, uma; ou deus não é tão poderoso assim, ou não é tão bondoso assim....e ai, qual das opções você escolhe????

    Sobre se deus existe ou não, ainda não cheguei a conclusão nenhuma e nem nunca chegarei, pois o conhecimento sobre deus está além da nossa limitada e finita capacidade para conhecê-lo ou desconhecê-lo.

    Abraços

    ResponderExcluir
  52. MARCELO SANTOS

    É uma grande honra para nós todos, recebermos seu comentário nesta sala.
    Desculpe minha demora em responder-lho, é que eu estava bastante ocupado mesmo.

    A graças a “deus” eu não tive nenhuma desilusão ou frustração com ele, apenas resolvi abrir meus olhos para a realidade da vida, ao invés de ficar fechado no mundo da lua dos crentes.

    Em relação as suas explicações que são objeções referentes ao meu texto, vou responder uma por uma, vamos lá:

    1-O homem não tem liberdade, pois se ele não servir a deus, deus irá mandar o mesmo para o inferno...liberdade de escolha seria, se deus não mandasse ninguém para o inferno que não o escolhesse.

    2-È claro que o homem não é perfeito e nem o poderá ser, por isso o homem criou deus a sua semelhança, só que elevado ao infinito de poder, sabedoria e caráter.

    3-Tens razão, deus não tem culpa nenhuma, quem tem culpa são os homens que tem manchado a imagem de deus, construindo deus a sua semelhança..ou seja, um deus mesquinho, egoísta e interesseiro, que só ajuda e leva para o céu quem o servi como escravo, caso contrário, ele vai mandar queimar por toda eternidade no lago de fogo e enxofre.

    Abraços e volte mais vezes.

    ResponderExcluir

Deixe a sua opinião.

Mesmo que você não concorde com nossos pensamentos, participe comentando esta postagem.
Sinta-se a vontade para concordar ou discordar de nossos argumentos, pois o nosso intuito é levá-lo à reflexão!

Todos os comentários aqui postados serão respondidos!